terça-feira, 12 de maio de 2015

Adeus ao Reino Unido

As eleições gerais na Grã-Bretanha foram dramáticas. A nível geral porque os líderes dos três partidos - Miliband (trabalhista), Nick Clegg (liberal-democrata) e Nigel Farage (UKIP - direita populista e racista) ... resignaram no dia seguinte à vitória conservadora. E a nível mais concreto, porque o Partido Nacional Escocês ganhou quase todos os mandatos que correspondem à Escócia (56 de 59), acabando com o domínio de mais de um século do trabalhismo. O Partido Trabalhista foi fundado na Escócia. E de ali saíram os primeiros líderes e primeiro-ministros trabalhistas, assim como o último. Quase sempre, a cultura operária escocesa foi muito mais radical que a sua equivalente inglesa.


Confira o texto de Tariq Ali, no Esquerda.Net, via Jornal GGN.

Um comentário:

zealfredo disse...

Eleições no Reino Unido.