sábado, 6 de agosto de 2011

A Globo vai partir pra cima de Amorim: isso prova que Dilma escolheu bem!

por Rodrigo Vianna Acabo de receber a informação, de uma fonte que trabalha na TV Globo: a ordem da direção da emissora é partir para cima de Celso Amorim, novo ministro da Defesa.
O jornalista, com quem conversei há pouco por telefone, estava indignado: “é cada vez mais desanimador fazer jornalismo aqui”. Disse-me que a orientação é muito clara: os pauteiros devem buscar entrevistados – para o JN, Jornal da Globo e Bom dia Brasil – que comprovem a tese de que a escolha de Celso Amorim vai gerar “turbulência” no meio militar. Os repórteres já recebem a pauta assim, direcionada: o texto final das reportagens deve seguir essa linha. Não há escolha.

Vejam o texto completo no blog ESCREVINHADOR

Hiroshima lembra 66º aniversário de bomba atômica à sombra de Fukushima

Hiroshima lembrou na última sexta-feira (05/08) os 66 anos do lançamento da bomba atômica sobre a cidade, em um aniversário marcado pela crise na central de Fukushima, com uma chamada ao desarmamento e à revisão da política nuclear do Japão.

Às 8h15 hora local (20h15 do horário de Brasília da sexta-feira), um minuto de silêncio e várias badaladas lembraram o momento em que a primeira bomba atômica caiu sobre a cidade, três dias antes de uma segunda bomba ser lançada sobre Nagasaki. 





Mais no Opera Mundi

A República se consolida

O Ministro Nelson Jobim, respeitemos os fatos, é um político singular na história recente do país. Ele surge no cenário nacional em 1987, ao eleger-se para a Câmara dos Deputados.
Rapidamente, impressionou seus pares pelo desembaraço. Sua vida acadêmica é rica:  professor-adjunto de Direito da Universidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em que se formou, nela também  obteve o mestrado em Filosofia Analítica e Lógica Matemática. 
Não obstante esses títulos, Jobim é intelectualmente discreto: nunca demonstra todo o seu saber nos pronunciamentos políticos ou em seus escritos.
A vaidade ele a guarda para a prática cotidiana da política. É um homem que, em todos os  atos, parece dizer que nasceu para mandar. Mas, pelo que vemos, não entende que o poder depende da legitimidade.
Em seu caso, a legitimidade é conferida pela confiança da Presidente. Quando falta legitimidade a qualquer poder, ele é tão sólido quanto uma nuvem de verão. 


Vejam o texto completo em KAOSENLARED.NET

Estratégia da Otan lembra ataques à ex-Iugoslávia

Nenhum jornal, TV, rádio ou revista europeia deu destaque ao bombardeio da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) à redação da TV Al-Jamairiya em Trípoli, capital da Líbia, que causou a morte de três jornalistas e a internação de 15 pessoas em estado gravíssimo. Devido ao fato de se tratar de jornalistas da TV oficial do governo de Muamar Kadafi, não houve nenhuma moção de solidariedade. Ao mesmo tempo, os conflitos no seio do Conselho Nacional de Transição (CNT) explodiram e o
chefe militar dos rebeldes, Abdel Fattah Yomes, foi executado como se fosse um inimigo.

Ao se analisar os planos operacionais das missões dos caças da Otan, fica evidente que os limites impostos pela ONU por meio da resolução sobre a criação de uma No-Fly-Zone foram literalmente desrespeitados, violando, assim, o “status pacificador” do Conselho de Segurança do organismo. Uma realidade que se deteriorou a partir de 30 junho, quando o presidente francês Nicolas Sarkozy e o primeiro-ministro britânico David Cameron conseguiram impor que o comando da Otan tomasse outras iniciativas, como o planejamento dos bombardeios contra todos os objetivos que podiam sustentar a resistência do exército de Kadafi.

Vejam o texto completo em PATRIA LATINA

Um calote de 16 trilhões de dólares

Atilio Boron

O debate sobre o possível default dos EEUU eclipsou completamente um escândalo financeiro de proporções inéditas: em um prazo de pouco mais de dois anos e meio, entre 1º de dezembro de 2007 e 21 de julho de 2010, a FED concedeu empréstimos secretos a grandes corporações e empresas do setor financeiro no valor de 16 trilhões de dólares.

A atenção da opinião pública internacional está concentrada no acordo insignificante assinado entre Barack Obama e o Congresso mediante o qual o presidente se compromete a aplicar um duro programa de ajuste fiscal, centrado no corte de gastos sociais (saúde, educação, alimentação) e infraestrutura de 2,5 trilhões de dólares (2.500.000 milhões de dólares) mas preservando, como o exige o Tea Party, o nível atual de gasto militar e sua eventual expansão. Em troca disto, a Casa Branca recebeu a autorização para elevar o endividamento do Estados Unidos até 16,4 trilhões de dólares (isto é, 16.400.000 milhões de dólares), cifra superior em uns dois trilhões de dólares ao PIB desse país. Com isto espera-se -confiando na "magia dos mercados"- superar a crise da dívida pública e reativar a preguiçosa economia ianque. Esta receita já foi implementada a sangue e fogo na América Latina e não funcionou; tampouco o fêz na convulsionada Europa atual. Com este acordo o certo será o agravamento da crise e, em consequência, a acentuação da belicosidade ianque no cenário mundial.

Vejam o texto original em OMAL-Observatorio de Multinacionales en América Latina ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Soldados da OTAN torturaram até matar um imán na provícia afegã de Nangarhar

Kabul, 3 de agosto, RIA Novosti.

Soldados das tropas da OTAN torturaram até a morte um imán na província oriental afegã de Nangarhar, informou hoje a agência local de notícias Pazhvak.   

Segundo a agência, o imán Qari Yunus foi capturado na noite de quarta-feira durante operações militares estrangeiras na localidade de Garo, distrito de Hesarak e foi levado a um lugar desconhecido. Mais tarde, o corpo do sacerdote com sinais de tortura foi encontrado por residentes locais na área de Lidjigad Kando.

Vejam o texto original em RIA NOVOSTI ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Vídeo: assim sete policiais agrediram ao jornalista Gorka Ramos

Youtube (Malopez2064) 
video
Gorka Ramos, o redator enviado por esta mídia para cobrir os atos de protesto do 15M em Sol e que foi detido durante as cargas policiais em frente ao Ministério do Interior, foi posto em liberdade. Em todo o momento se identificou como jornalista, "apesar de pedirem reiteradamente que saísse dalí". Num momento determinado, até sete agentes da Polícia Nacional cercaram o jornalista que finalmente foi agredido: "Me golpearam e me atiraram ao chão". Uma vez no chão "me chutaram e me prenderam".

Vídeo e texto (legenda) de LA INFORMACIÓN.COM 

Vejam mais informações em: 
http://www.cubadebate.cu/noticias/2011/08/05/policias-patean-y-apresan-a-periodista-en-madrid-mientras-reportaba-en-twitter-video/

http://lapupilainsomne.wordpress.com/2011/08/05/doce-policias-patean-y-apresan-un-periodista-en-madrid-mientras-reportaba-en-twitter-video/ 


Protestos estudantis no Chile deixam mais de 800 presos e 100 feridos‎

A repressão da polícia contra os estudantes no Chile, que protestam há dois meses contra o sistema de ensino no país, resultou nesta quinta-feira (04/08) na prisão de 874 pessoas em várias cidades. Apesar de os protestos dos estudantes serem pacíficos, o governo proibiu qualquer tipo de demonstração. 

A jornada de protestos, que atingiu 12 cidades, ocorreu três dias depois que o Ministério da Educação apresentou nova proposta para os estudantes. 


Confira a notícia e os vídeos no Opera Mundi

Veja também no Opera Mundi: 


Taiwan "celebra a vida" com strippers durante funeral, diz antropólogo americano




Funeral e strippers são palavras que você dificilmente colocaria na mesma frase, imagine então no mesmo cenário. É o que acontece em Taiwan, onde há mais de 20 anos essa mistura se tornou uma das mais peculiares tradições das cidades asiáticas e também uma das mais inusitadas maneiras de dar o último adeus.
A excentricidade do tema aguçou a curiosidade do antropólogo americano Marc L. Moskowitz, professor da Universidade da Califórnia do Sul. Na hora de pensar em um assunto para seu primeiro documentário, “Dancing For The Dead: Funeral Strippers In Taiwan“ (Dançando para os mortos: Strippers de funerais em Taiwan, em tradução livre), ele não pensou duas vezes. Para ele, a tradição é uma "celebração da vida".
"Depois de tudo, percebi que se trata de uma grande celebração da vida e ao longo da filmagem passei a apreciar a ideia de celebrar a vida de alguém em um funeral em vez de chorar a sua passagem", disse Moskowitz, em entrevista ao UOL Notícias

Confira no UOL Notícias, inclusive com o trailer do documentário.  Foto originária do UOL Notícias, sem crédito do fotógrafo(a). 

Unicef: 780 mil crianças morrerão de fome na Somália se não receberem ajuda

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) elevou nesta sexta-feira para 780 mil o número de crianças que vivem em território da Somália e correm o risco de morrer de fome se não receberem ajuda imediata.

"Estamos falando apenas da Somália", relatou em entrevista coletiva a porta-voz do Unicef em Genebra, Marixie Mercado, que acrescentou que o número total de crianças em situação de "desnutrição severa" na Somália, Quênia e Etiópia é de 2,3 milhões neste momento.

O dado supera o divulgado na terça-feira pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), que cifrou em 500 mil a quantidade de crianças que enfrentam "um iminente risco de morte" na Somália.



Confira a notícia da EFE, no UOL


Sobre o mesmo assunto, você pode ler na CartaCapital: Assaltantes roubam ajuda humanitária

“Colapso do neoliberalismo sob o tacão dos ultra-neoliberais: é a treva!”

“Não, não é um quadro com o de 1929. Aquele teve um ápice, com recidivas, mas ensejou um desdobramento político que inauguraria um outro ciclo, com Roosevelt e o New Deal. O que passamos agora é distinto de tudo isso”, diz a economista Maria da Conceição Tavares, em entrevista à Carta Maior. E adverte: “Todavia não menos grave e talvez mais angustiante. É um colapso enrustido, arrastado, latejante. Sim, você tem a comprovação empírica do fracasso neoliberal; mas e daí? São eles que estão no comando, ou será o quê esse arrocho fiscal nos EUA enfiado pelo Tea Party na goela do Obama? Vivemos um colapso do neoliberalismo sob o tacão dos ultra-neoliberais: isso é a treva!"

O agravamento da crise mundial, com suas manifestações mórbidas de ortodoxia fiscal nos EUA e, antes, com o martírio inútil da Grécia, mas também com as manifestações de indignação que tomam as ruas do mundo, em contraste com o alarme sangrento da intolerância neonazista na Noruega, rompeu a blindagem de opacidade e resignação que revestia a crise mundial.

Vejam a entrevista em CARTA MAIOR

Centro de investigação quer que artistas se inspirem na física de partículas - O maior laboratório de física de partículas também tem lugar para a arte

O CERN lançou esta quinta-feira uma nova política para a cultura, que tem como objectivo acolher entre um e dois projectos artísticos por ano nas suas instalações, em Genebra. A ideia é deixar que os artistas se inspirem no mundo da ciência.

A primeira referência que ocorre ao cidadão mais atento quando ouve falar no Conselho Europeu de Investigação Nuclear (CERN) não é exactamente “arte”, mas “ciência”. Conhecido como o maior laboratório de física de partículas do mundo, o CERN é ainda o lugar onde nasceu a World Wide Web (WWW) em 1989, e onde americanos e russos trabalharam, lado a lado, durante a Guerra Fria. Ou mesmo onde se tentou recriar o Big Bang. Uma incubadora de avanços tecnológicos.

Vejam mais detalhes em PÚBLICO.PT

A guerra no interior da oposição líbia (com protagonismo da Al Qaeda) suscitou crescentes dúvidas no ocidente.

A Líbia, sob Khadafi foi o primeiro estado árabe a tratar as mulheres como iguais o que desgostou muitos grupos tradicionais e religiosos que hoje forma a coluna vertebral da oposição na Líbia.

Os principais meios de comunicação ignoram certos aspectos (cruciais) da guerra na Líbia (trad google apenas retocada)
Los principales medios de comunicación ignoran ciertos aspectos (cruciales) de la guerra en Libia.

(trad google apenas retocado)Liz Fox, The Daily News (jornalista canadense) Publicação: quarta-feira, 03 de agosto de 2011

Sem dúvida, o regime de Muammar Khadaffi tem muitos defeitos.
Sem dúvida, durante seus 40 anos de regime autoritário sobre a população líbia de 4,5 milhões logrou-se o crescimento da educação, da saúde público e do nível de vida que superam significativamente os das demais nações africanas ou árabes.
A Líbia, sob Khadaffi foi o primeiro Estado árabe a tratar as mulheres como iguais o que desgostou a muitos grupos tradicionais e religiosos que, agora junto aos estudantes e profissionais formam a coluna vertebral da oposição da Líbia a qual as forças da OTAN apoiam agora. 

Vejam o texto original em KAOSENLARED.NET ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Portugal reprivatiza um banco por 40 milhões após saneá-lo com 2,4 bilhões

A venda do Banco Português de Negócios a uma entidade angolana custa ao país 1,4% do PIB - Os novos donos fecharão 30% dos escritórios

O governo português encerrou a reprivatização do Banco Português de Negócios (BPN). A operação põe fim a uma complicada e ruinosa operação financeira, que tem custado ao Estado 2.400 milhões de euros, o equivalente a 1,4% do PIB. O novo proprietário é o Banco Internacional de Crédito (BIC), de maioria angolana. Pagará 40 milhões de euros, quase uma quinta parte do preço de 180 milhões, fixado inicialmente no decreto-lei de reprivatização, de agosto de 2010. A venda do BPN é uma das medidas do programa de austeridade acordada com a troika internacional em troca de um empréstimo de 78 bilhões de euros. 

Vejam o texto original em ELPAIS.COM ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Donald Rumsfeld pode ser processado por torturas

BBC

Um juiz federal dos EEUU emitiu um parecer a respeito do ex-secretário de defesa, Donald Rumsfeld, no qual este pode ser processado por danos a um antigo tradutor militar que afirma ter sido torturado no Iraque.

O homem, cuja identidade permanece oculta para evitar represálias, assegura que enquanto trabalhava para os marines foi sequestrado e levado a uma instalação militar ianque, onde se manteve por nove meses.

O tradutor afirma que foi maltrado antes de ser liberado em 2006, sem que se apresentasse contra ele qualquer acusação ou responsabilidade de algo.


O Departamento de Justiça, apesar de ter revertido as práticas equivalentes a tortura utilizadas na era Rumsfeld, exerce a a defesa do ex-secretário argumentando que este não pode ser processado pessoalmente por decisões tomadas durante a guerra.

http://www.bbc.co.uk/mundo/ultimas_noticias/2011/08/110803_ultnot_rumsfeld_tortura_cch.shtml

Vejam o texto original em REBELION.ORG

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Um ano depois, o derrame da BP ainda causa doenças

Quando os moradores de Jean Lafitte, no Estado da Louisiana, nos Estados Unidos, souberam da explosão da plataforma da British Petroleum (BP), o mayor Tim Kerner incentivou todos a unirem-se para limpar as águas do Golfo do México. Agora, a maioria está doente. 

Foi a única coisa que lhe ocorreu fazer para impedir que o óleo destruísse sua comunidade, cujos integrantes trabalharam dia e noite com esse objetivo. Agora, um ano depois de a BP ter conseguido fechar o poço que acabou espalhando o equivalente a cinco milhões de barris de petróleo no Golfo do México, a maioria dessas pessoas está doente.





Confira na Agência Carta Maior

É oficial: a Austrália foi invadida

A cidade de Sydney votou pela substituição, em sua história oficial, das palavras "chegada dos europeus" por "invasão". A prefeita, Marcelle Hoff, diz que é intelectualmente desonesto utilizar qualquer outra palavra para descrever como a Austrália aborígene foi despojada pelos ingleses. "Fomos invadidos", disse Paul Morris, um assessor indígena do Conselho. "É a verdade e não devemos diminuí-la, assim como não podemos pedir aos judeus que aceitem uma versão suavizada do Holocausto."

Em 2008, o então primeiro-ministro, Kevin Rudd, pediu desculpas formalmente aos aborígenes separados de suas famílias quando crianças sob uma política inspirada na teoria criptofascista da eugenia. Afirmava-se que a Austrália branca estava conseguindo aceitar seu passado e presente rapinantes. Sério? 





Mais no Opera Mundi

Celso Amorim substitui Jobim


O ministro da Defesa, Nelson Jobim, entregou na noite desta quinta-feira 4 a sua carta de demissão à presidenta Dilma Rousseff. A informação foi repassada à imprensa pela ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas.
O governo federal já tem o nome do substituto do agora ex-ministro: será o ex-chanceler Celso Amorim, atual colunista de CartaCapital. De acordo com o blog do Planalto, ele já aceitou o convite.

Continue lendo na CartaCapital

Horror no Peru: mineradora britânica indeniza camponeses espancados e torturados

Era 1 de agosto de 2005. Naquele dia, 33 camponeses organizaram em Piura, província no Norte do Peru, uma marcha pacífica contra as atividades da Río Blanco (hoje Monterrico Metal), empresa britânica de mineração. No entanto, em vez de serem recebidos pelos responsáveis pela mineradora – acusada de iniciar um projeto sem autorização – o grupo foi sequestrado por funcionários e policiais, espancado e submetido a três dias de tortura. Duas mulheres sofreram ameaça de estupro e um camponês, Melanio García, morreu devido aos ferimentos. Em julho desse ano a empresa decidiu indenizar os 32 sobreviventes, mas permaneceu negando as agressões.


Leia mais no Opera Mundi

O aumento da pena de morte no planeta


Nos corredores do palácio de vidro de Nova York, onde está a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), circula a notícia do aumento das penas de morte. E dois estados norte-americanos voltaram a matar.
Em 2010 foram consumadas 5.837 execuções pelo planeta.   No ano de 2009, o número de mortes atingiu a 5.741. Em 2008, foram 5.735.

Continue lendo no blog Sem Fronteiras

Guatemala condena ex-militares a mais de 12 mil anos de prisão

A Justiça da Guatemala condenou quatro militares a 12.060 anos de prisão cada um por conta de seus envolvimentos no massacres de 201 camponeses no povoado de Dos Erres, no estado de Petén, em 1982, durante a guerra civil local.

Os quatro pertenciam ao grupo de elite do Exército, denominado Kaibiles e conhecido por suas ações sangrentas. 





Mais no Opera Mundi

Itália proíbe uso de véu para mulheres


Em meio ao crescimento de movimentos nacionalistas e de extrema direita na Europa, a Itália se tornou – depois de França e Bélgica – o terceiro país do continente a tentar impedir que mulheres utilizem tecidos para cobrir os seus rostos em locais públicos.
A Comissão de Assuntos Constitucionais do Parlamento italiano aprovou na terça-feira 2 um projeto de lei que proíbe o uso do véu integral, seja o hijab (cobertura em volta da cabeça) ou o niqab (que deixa apenas os olhos descobertos).


Mais no sítio da CartaCapital

Supremo israelense ordena dissolvição de colônia judaica na Cisjordânia

A Corte Suprema israelense ordenou nesta terça-feira (02/08) o desmanche da colônia de Migron, nas Cisjordânia. O assentamento judeu é maior localizado em território palestino entre os considerados ilegais por Israel – embora a legislação internacional considere todas as colônias na Cisjordânia e na Faixa de Gaza ilegais.

A Corte exigiu do Exército que a colônia, localizada próxima a Ramallah e composta por aproximadamente 70 casas, seja dissolvida até março do ano que vem. Segundo Yariv Oppenheimer, diretor da ONG israelense "Peace Now", ela abriga 250 colonos.





Continue lendo no Opera Mundi

Impostos e desenvolvimento

A tabela que abre o post mostra a carga tributária para um conjunto de países. Notem que os Estados Unidos, com 24% do PIB em impostos, são a nação desenvolvida com o fardo mais leve. Na Europa, o percentual oscila entre 30% e 48%. Na América Latina em geral se situa em torno de 15% - o Brasil não está na tabela, mas é notável exceção, com espantosos 36%, dignos do modelo escandinavo. A China tampouco aparece, e sua carga tributária é controversa, entre 25% e 32%, de acordo com as estimativas.




Confira o texto que tenta ponderar a questão de carga tributária e desenvolvimento no blog Todos os Fogos o Fogo

RS: músico é processado por rap contra reajuste de deputados

RS: músico ironiza aumento de deputados e é processado
O músico gaúcho Tonho Crocco é alvo de uma ação do Ministério Público por crime contra a honra, em decorrência da divulgação do rap Gangue da Matriz. Gravada em vídeo divulgado no site do compositor em dezembro de 2010, a música é um protesto contra o aumento de 73% nos salários que os deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul concederam a si mesmos na época.
Fundador da banda Ultramen, Crocco atualmente faz carreira solo. No vídeo, ele cita o nome dos 36 parlamentares que votaram a favor do reajuste de R$ 11.564,76 para R$ 20.042,34. "36 contra 1, aí é covardia / O crime aconteceu em plena luz do dia / Votado e aprovado pelos próprios deputados / Subiram seu salário, me senti um otário / Capitalistas, comunistas / Todas as vertentes presentes na lista", diz trecho da música.


Mais no Terra

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Oposição a Dilma não contesta ministro da Agricultura mas pede CPI

Alvo de denúncia, ministro Wagner Rossi (Agricultura) vai ao Congresso para se explicar e desqualifica acusador, um ex-diretor da Conab demitido por irregularidade. Adversários de Dilma Rousseff evitam questionar fatos denunciados e optam por defesa genérica de CPIs. Para aliados da presidenta, oposição tenta fugir do debate econômico e de combate à miséria. Depoimento, acompanhado pela Controladoria Geral da União (CGU), deve ajudar Rossi, que foi indicado pelo vice de Dilma, Michel Temer, a se segurar no cargo.

BRASÍLIA – Acusado de corrupto por um ex-subordinado demitido por ato ilegal, o ministro da Agricultura, Wagner Rossi (PMDB), foi nesta quarta-feira (03/08) ao Congresso para se defender e, pelo comportamento dos adversários do governo Dilma Roussef durante o depoimento, parece ter conseguido caracterizar as denúncias como frágeis e fruto apenas de “ressentimento”. 

Vejam o texto completo em CARTA MAIOR

Oito crenças estúpidas de muitos ianques

Os EEUU tem mais de 308 milhões de habitantes e é o terceiro ou quarto maior país por área total e o terceiro maior tanto em superfície terrestre como por população. É uma das nações do mundo etnicamente mais diversa e multicultural, produto da imigração em larga escala.

De acordo com a UNESCO, os Estados Unidos é o segundo país com mais instituições educacionais de nível superior do mundo, com um total de 5.758 e uma média de 15 por cada Estado. O país conta também com o maior número de estudantes universitários do mundo, ascendendo a 14.261.778, isto é, quase 4,75% de sua população.

Sem dúvida, é também um dos países com mais ignorantes do planeta, como mostram estas pesquisas: 

Vejam o texto original em CUBADEBATE ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

O Mossad está por trás do assassinato do cientista nuclear

O recente assassinato do cientista nuclear iraniano Daryoush Rezaei foi organizado pelo Mossad, afirmou hoje o semanário alemão Der Spiegel citando uma fonte do serviço secreto israelense.

"Foi a primeira ação séria do novo chefe do Mossad, Tamir Pardo", disse a fonte do Spiegel.

A revista comentou que Rezaei, morto em 23 de julho passado, foi a última vítima de uma série de "ataques" nos últimos 20 meses, durante os quais foi "dizimada" a elite de cientistas nucleares iranianos.

Rezaei foi morto em frente a sua esposa e sua filha, de um disparo na garganta, enquanto estava em frente à escola da menina em um bairro do leste de Teerã.

Vejam o texto original em CUBADEBATE ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Inpe exporta tecnologia de monitoramento

Com apoio da tecnologia brasileira, Congo avança no monitoramento de florestas para REDD.


A República Democrática do Congo adotou a tecnologia brasileira de monitoramento desenvolvida pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que oferece seu sistema baseado em satélites a países interessados em cuidar de suas florestas. O objetivo é utilizar os resultados do monitoramento na implantação de políticas nacionais para REDD - Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação em Países em Desenvolvimento.

O país africano é o segundo no mundo com maior cobertura de florestas tropicais. Em primeiro está o Brasil, que possui em seu território grande parte da Amazônia, a maior floresta tropical do planeta. 


Vejam mais detalhes no JORNAL DA CIÊNCIA-SBPC

O Renascimento de Alcântara

José Monserrat Filho 
chefe da Assessoria de Cooperação Internacional da AEB
Já visitei o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) três vezes, ao longo de 15 anos. A primeira vez ocorreu em 1996 - eu era o editor do Jornal da Ciência, da SBPC, e estudioso do direito espacial. A segunda, nos idos de março de 2004, mais precisamente no dia 24, quarta-feira, por ocasião da 4ª Reunião Regional da SBPC¹ realizada na Universidade Estadual do Maranhão, em São Luís. E a terceira, agora, em 28 de julho de 2011, como convidado do Presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Marco Antônio Raupp, para integrar a comitiva do Ministro da Defesa, Nelson Jobim, em visita especial (e histórica) ao CLA.²
Creio ter algo a relatar sobre a evolução do centro, desde sua paralisia nos anos 90.

Vejam o texto completo em DefesaNet

Manifesto contra a censura e pela liberdade de expressão

Porto Alegre, 02 de agosto de 2011

Eu, Antonio Carlos Crocco, nome artístico Tonho Crocco, Brasileiro e morador da cidade de Porto Alegre/RS estou sendo processado por intermédio de uma ação no Ministério Público encaminhada em nome do ex-presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul e atual Deputado Federal do PDT GIOVANI CHERINI por crimes contra a HONRA.

Leia o Manifesto AQUI.

Erótica em pastilhas: pílula azul ou rosa?

Reduzir o desejo sexual ao nível biológico e medicá-lo. Analisamos este modelo de sexualidade depois da não comercialização do "viagra feminino".

ANA G. MAÑAS Y J. LEJÁRRAGA (sexólogos)

A medicalização é o processo pelo qual problemas não médicos se definem e são abordados como problemas médicos, geralmente em termos de enfermidade e transtornos, através da linguagem, marco teórico e intervenção. Nos últimos tempos, processos básicos de "sexuação"(NT), como a calvície, a síndrome premenstrual e a menopausa tem sido vistos como enfermidades que necessitam tratamento.

Segundo documenta com rigor Ray Moynihan em Sex, Lies and Pharmaceuticals (2010), a indústria farmacêutica tem ampliado os limites do que cabe entender por enfermidade, enganando os mecanismos de legitimação científica até o ponto de fomentar a criação de enfermidades dpois da existência de um fármaco que trataria os supostos sintomas. Investigado como medicamento para a angina de peito por sua função vasodilatadora, em 1998 o Viagra é comercializado como facilitador da ereção, restrito a homens maiores de 60 anos com diabetes ou problemas de próstata. Prontamente as companhias farmacêuticas ampliam seu público a quase qualquer homem que tenha tido alguma vez dificuldades de ereção, convertendo-o implicitamente numa droga recreativa.

Vejam o texto original em DIAGONALweb  e uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Reconhecimento facial + redes sociais = invasão de privacidade

Mostre seu rosto que eu digo quem você é. Com as novas tecnologias de reconhecimento facial, não é preciso documentos para identificar uma pessoa. Mas e se esse recurso for utilizado sem a autorização? E se for combinado com redes sociais?

Segundo pesquisadores da universidade de Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, apenas com uma câmera, tecnologia da Google e acesso ao Facebook, é possível violar a privacidade das pessoas.


Leia no IDGNow!

Smartphone já chegou às massas no Brasil, aponta pesquisa

Utilizado por quase um terço dos internautas brasileiros, o smartphone já atingiu a massa e sua adoção deverá ser ainda mais acelerada nos próximos meses, conclui um estudo realizado pela W/McCann e Grupo .Mobi a partir de pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos Mediact.

Os 30,3% de internautas que disseram ter um smartphone indicariam a existência de 19 milhões de smartphones no Brasil, avaliam as empresas no relatório "Consumidor Móvel 2011" divulgado na semana passada. O uso de smartphone é maior entre os que trabalham e estudam, com penetração de 35,2%. Entre os que apenas trabalham, a penetração é de 33,8% e entre os que apenas estudam, 24,2%.


Confira a notícia no IDGNow!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Triunfo final da direita em Buenos Aires: sem surpresas nem alternativas

Os quase 65% dos votos na reeleição de Mauricio Macri implicam num trágico aval a um projeto privatizador dos bens e dos serviços essenciais à população.

Sem surpresas, sem reais alternativas, o segundo turno eleitoral porteño consumou em termos políticos, sociais e inclusive culturais uma derrota para os interesses populares de uma contundência e uma dimensão que as organizações que querem expressar estes interesses não podem ter uma visão de fora. 

Vejam o texto original em LA HAINE.ORG e uma tradução livre em NEBULOSA.DE.ÓRION

EEUU divulgam novos documentos sobre a invasão a Playa Girón

Os Estados Unidos divulgaram novos documentos sobre a invasão da Baía dos Porcos em Cuba em 1961, em que se detalham negociações da CIA para contar com o apio de paises da América Central e Grã Bretanha, informou nesta segunda-feira a organização Arquivo de Segurança Nacional.

Os documentos foram revelados pela central de inteligência CIA a pedido do Arquivo: "Estes são os últimos documentos secretos da agressão ianque contra Cuba", assinalou o diretor do projeto para Cuba da NSA, Peter Kornbluh, em um comunicado. 

Vejam o texto original em CUBADEBATE e uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRIO

(ódio + ódio) A ultra-direita francesa diz que o massacre de Oslo poderia ter sido evitado se tivessem fechado as portas à emigração.

Estas foram as (repugnantes) declarações do (repugnante) partido de ultra-direita francesa, a Frente Nacional. Quem declarou isso? Seu presidente, o xenófobo Jean Marie Le Pen que disse que uma política severa migratória teria evitado a matança cometida por Anders Behring Breivik.

Na contramão das declarações do resto dos partidos franceses que condenaram o atentado e o massacre na ilha, estas declarações cairam como uma bomba na opinião pública.

O certo é que a Frente Nacional já havia emitido uma nota de repúdio, mas o teor da declaração de Le Pen colocou em apuros o resto dos dirigentes partidários.

Vejam o texto original em KAOSENLARED.NET ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Israel: Protesto inédito ameaça Netanyahu

Começou por ser um protesto no Facebook contra o aumento do custo de vida e o acesso dos jovens à habitação. Inspirado nas acampadas europeias e nas revoluções árabes, o movimento juntou este fim de semana mais de 150 mil pessoas em manifestação contra o governo. E ganhou a solidariedade da maioria dos municípios, que entraram em greve.



Vejam mais detalhes em ESQUERDA.NET

Polícia londrina apela à denúncia de anarquistas

Uma circular do gabinete de contraterrorismo da polícia de Londres está a causar polémica: a nota diz que "qualquer informação relacionada com anarquistas" deve ser denunciada na esquadra mais próxima.
(...)
Sean Smith, da secção britânica da Associação Internacional dos Trabalhadores, anarco-sindicalista, diz que o apelo à delação de anarquistas "é uma coisa absurda mas que não surpreende, quando o Estado tenta criminalizar ideias que são perigosas para a sua sobrevivência". Para Sean, os membros da AIT acreditam em organizar a comunidade, não em actos de terrorismo. "Temos muita informação sobre as nossas ideias e estratégias disponível a todos na internet", declarou ao Guardian. 

 Vejam o texto completo em ESQUERDA.NET

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

A emboscada de Obama contra os direitos sociais

Você sabe que a outra face da dívida está tão melodramaticamente encenada como uma exibição da Federação Mundial de Luta-Livre quando Obama faz a sua flagrantemente vazia ameaça ao Congresso, de que se não “atacar os desafios mais difíceis dos direitos sociais e da reforma tributária” não haverá dinheiro para pagar o Social Security no próximo mês. Nessa fala sobre o déficit, na noite de 25 de julho, ele ameaçou que “se nos declararmos inadimplentes, não teremos dinheiro suficiente para pagar todas as nossas contas – as quais incluem os pagamentos mensais do Social Security, as pensões dos veteranos de guerra e os contratos do governo que assinamos com milhares de empresas”.

Isso não é verdade nem de longe. Mas se tornou o tema mais assustador há mais de uma semana, desde que o presidente usou quase as mesmas palavras nas suas entrevistas ao âncora do jornal da noite da CBS, Scott Pelley.





Leia mais na Agência Carta Maior

Casal de duas mulheres são heroínas na Noruega

26/7/2011, Matt Akersten (International News), Democratic Undergroundhttp://www.democraticunderground.com/discuss/duboard.php?az=view_all&address=439x1577398

ATENÇÃO: O original dizia "Duas lésbicas". A Vila Vudu NÃO ESCREVE as palavras "lésbica", "homossexual" nem "gay". Aqui é o seguinte: homem é homem e mulher e mulher e todo mundo ama quem quiser, como quiser. E pode alternar. Foi decisão da Vera-Verão, casada com a Lili, e elas dizem que "lésbica" é a mãe. Que elas são mulheres iguais a todas as mulheres. Acatamos, porque, disso, quem entende são elas, não os 'éticos' nem os 'politicamente corretos' (eca!). Que ninguém, nesse mundo, pode garantir nem o 'lesbianismo" nem o "deslesbianismo" de ninguém e que o negócio não depende de decreto. A Vera-Verão diz que "lésbica", "homossexual" e "gay" são palavras discriminatórias. Que, com elas, ninguém tasca. Aqui, tá falado.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Um casal de duas mulheres que vivem numa ilha próxima de onde o terrorista da direita católica norueguesa Anders Behring Breivik massacrou dezenas de estudantes do Partido Trabalhista na 6ª-feira salvou cerca de 40 pessoas, recolhendo-as em seu barco.
 
Vejam o texto completo em GRUPO BEATRICE

O Brasil não é um negócio - O mercado quer que a Petrobras seja o que a Vale foi

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse hoje à Agência Reuters que a balança de derivados de petróleo da empresa terá déficit até 2015, em meio à crescente demanda e à limitação na capacidade de refino. Ou seja, que a empresa terá de importar derivados de petróleo para satisfazer o consumo brasileiro.
De outro lado, o que não ficou expresso, é que com nossa crescente produção de óleo bruto, teremos de exportá-lo, sem poder refina-lo aqui.
As pessoas menos informadas dizem: que absurdo, importar derivados e exportar petróleo.
E é mesmo, mas é uma situação da qual não se pode fugir a curto prazo. E que, de quebra, ainda é agravada pela crise do etanol.
Isso é resultado da herança maldita de duas eras que o Brasil atravessou. A que ficou conhecida como “década perdida”, os anos 80 – Governos Figueiredo e Sarney – e o neoliberalismo – Collor e Fernando Henrique .

Vejam o texto completo em GRUPO BEATRICE

“Habanastation” ganha prêmio de melhor filme de ficção no Festival de Traverse City

Feliz, Ian Padrón escreveu no Facebook que "Habanastation acaba de receber o Prêmio de Melhor Filme de Ficção do Festival de Traverse City em Michigan, USA.”, o primeiro certame internacional em que compete o aclamado filme, que tem uma acolhida apoteótica em Cuba.

A encontro fílmico de Michigan é organizado pelo cineasta ianque Michael Moore, que convidou o jovem realizador cubano a participar com seu primeiro longa-metragem de ficção.

"É um luxo para nós que Michael Moore, com o prestígio que tem, tenha a amabilidade de convidar-nos a por o filme em seu festival", assinalou Ian que já participou do festival com seu bom e polêmico documentário Fora da Liga.

Pela acolhida do público e a maior parte da crítica, Habanastation deve ser um filme com numerosas láureas e que será lembrado por um bom tempo. É um produto da união de esforços e recursos da companhia La Colmenita, do ICAIC e do ICRT, que demonstra quanto se pode fazer pela cultura quando existe união de boas vontades.

Vejam mais detalhes (links) em CUBADEBATE 

domingo, 31 de julho de 2011

Capitão América: um herói menos imperialista do que parece

Apesar de ganhar proporções internacionais com o lançamento do filme "Capitão América: O Primeiro Vingador", a fama de representar o imperialismo norte-americano sempre esteve associada ao herói, cujo uniforme e nome não deixam dúvidas sobre a sua origem.


(...)


Nos quadrinhos, Steve Rogers (nome real do herói) provou diversas vezes ser mais crítico ao governo de seu país do que o garoto propaganda criado em 1941, que durante a Segunda Guerra Mundial simbolizou a luta dos Estados Unidos contra o nazismo. E isso tem início ainda nos anos 1940, com o término do conflito que justificou a criação do herói.




O texto completo, ilustrado, está no IG

Projeto impede monitoramento de e-mail

Com a intenção de proteger a privacidade dos trabalhadores, a Câmara dos Deputados começou a analisar um projeto de lei que pretende proibir empresas de monitorarem e-mails pessoais de funcionários. A ideia seria restringir esse controle apenas aos e-mails corporativos, desde que os empregados sejam previamente comunicados.

Mais AQUI.

Stieg Larsson já havia avisado em 1995: «O atentado de Oklahoma é possível na Suécia. Há ódio, violência, fanatismo.

Stieg Larsson, sempre com uma sombra atrás, escreveu centenas de artigos sobre os grupos nazistas na Escandinavia, que o ameaçaram e perseguiram, que o fizeram não contrair matrimônio com sua companheira, Eva Garielsson, para não deixar pistas nos registros. Em um daqueles textos, de 1995, escreveu: "...Finalmente, um massacre como o de Oklahoma ocorrerá também na Suécia. Dispomos de todos os ingredientes: ódio, fanatismo, glorificação da violência e mentalidade sectária". O artigo, publicado no número 1 da revista "Expo", com o título "Em Estocolmo também podem podem ser produzidos atentados terroristas".

Vejam o texto original em SAREANTIFAXISTA ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Anders Behring Breivik, já havia se registrado em 2009 no foro de internet sueco de nazi-fascistas "Nordisk".

Oslo y Utoya * Rep Noruega

Nesse foro, Nordisk, 22.000 registrados debatiam temas como "o poder da raça ariana branca" e estratégias políticas para combater a democracia.
Expo é a organização líder sueca de observação do nazi-fascismo e que se fez conhecer internacionalmente pelo trabalho realizado por seu sócio fundador Stieg Larsson, conhecido mundialmente pela autoria da trilogia "Millenium" e falecido em 2004, e que possibilitou a descoberta da relação do assasino ultra-direitista e o foro em questão.

Sare Info:
http://sareantifaxista.blogspot.com/2011/04/stieg-larsson-y-bjorn-soderberg-in.html

Vejam o texto original em SAREANTIFAXISTA

A Italia perde no cassino dos mercados

Enquanto a crise da dívida é aproveitada pelos especuladores para sacar benefícios, a Itália aprova ajustes na linha da Grécia, Portugal e Espanha
CHRISTINE LAGARDE. A presidenta do FMI pediu uma rápida implementação das medidas de ajuste na Europa para acalmar "a pressão dos mercados"

O jôgo que se tem feito nos últimos dias nos mercados financeiros da média Europa não tem sido um acontecimento só para os adeptos das altas finanças. Enquanto as ações subiam e baixavam como nas montanhas russas, milhões de europeus (principalmente os que vivem nos paises "periféricos") se perguntavam sobre seu futuro tendo bem presente o que se passa na Grécia.

Na ponta da mira está a Itália, o que se tem demonstrado uma vez mais a proximidade entre especuladores financeiros e ajustes do tipo "sangue, suor e lágrimas": com o país no ôlho do furacão, o governo de Silvio Berlusconi conseguiu aprovar um plano de ajuste que beira os 70 bilhões em cortes no orçamento do setor público para os próximos três anos.

Vejam o texto original em PERIÓDICO DIAGONAL ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Brasil e América do Sul já se preparam para calote na dívida dos EUA

Impasse sobre dívida dos Estados Unidos deixa América do Sul em alerta. Países temem invasão de dólares de especulador em fuga dos EUA, com conseqüências desastrosas para indústrias locais. No Brasil, governo se deu superpoderes para supervisionar especulação. No continente, ministros da economia vão discutir proteção conjunta em duas reuniões em agosto. Problemas econômicos globais foram o tema principal de encontro da presidenta Dilma Rousseff com a colega argentina, Cristina Kirchner, nesta sexta-feira (29/07). Dilma criticou "imobilismo político" dos EUA frente à iminente crise da dívida.

A MATEMÁTICA QUE ENCORAJA E AO MESMO TEMPO APAVORA.

Os democratas de Obama  tem 53 cadeiras no Senado norte-americano composto de 100 representantes do povo. Portanto, tem maioria: 50 votos  mais 3 .Pela Constituição, trata-se de  uma maioria insuficiente para aprovar projetos  de envergadura, como a elevação do endividamento fiscal que magnetiza as atenções do mundo e  requer o apoio de 60 senadores  para ser implementada. Obama precisa atrair mais sete votos republicanos para fechar a conta. O número, modesto, ao mesmo tempo em que encoraja a aposta num desfecho bem sucedido, desconcerta  pela fragilidade que escancara. O  Presidente da maior potencia capitalista da terra se arrasta de concessão em concessão rumo à autodissolução ideológica para atrair o irrisório apoio de sete  republicanos. Pior ainda, enfrenta dificuldades nas derradeiras horas que lhe restam no calendário: 43 dos 47 congressistas republicanos afirmaram em carta aberta, neste sábado, que não apoiarão o pleito de Obama. É assustador.
(Carta Maior; Domingo, 31/07/ 2011)