sábado, 20 de março de 2010

MPs mandam Serra devolver R$ 2 bilhões que tirou da Saúde

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado de São Paulo encaminharam recomendação conjunta ao Governo José Serra (PSDB) para que devolva ao Fundo Estadual de Saúde R$ 2 bilhões que deveriam ser aplicados em saúde pública, nos últimos dois anos, mas foram depositados indevidamente em conta única do governo estadual e usados, também indevidamente, para outras finalidades.

Por força de lei, o dinheiro do SUS teria que ser destinado a programas de assistência farmacêutica, vigilância epidemiológica e combate à Aids e DST. Mas, de acordo com relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus), do Ministério da Saúde, pelo menos R$ 78 milhões foram aplicados pelo Governo Serra no mercado financeiro, enquanto se agravava a crise de atendimento na saúde pública paulista.

GOVERNOS DO PSDB DESVIARAM R$ 6,5 BILHÕES

Vejam mais em BRASILIA CONFIDENCIAL

Charge do Lacoste


(Tradução livre:
- Doutor, com esse bloqueio, cada dia me sinto mais impotente. Você acredita que alguma pílula resolva?
- Sinto dizer-lhe que a única solução que vejo é ter a vontade de levanta-lo.)

Lacoste é um cartunista cubano e outras charges podem ser vistas em seu blog LACOSTE Humor

Baixo Gávea embaixo d'água - Uma diferença entre cariocas e paulistas


Creditos para o blog do Mello


video

General americano culpa soldados gays holandeses por massacre de Srebrenica

WASHINGTON (AFP) - O general americano do Corpo de Marines e ex-comandante da Otan, John Shehaan, afirmou, na noite de quinta-feira no Congresso, que a incapacidade de soldados holandeses da Força de Paz da ONU de impedir o massacre de Srebrenica, em 1995, pode ser explicada, em parte, pela presença de homossexuais em suas fileiras.

Leia mais AQUI.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Medo impede moradores da região do Araguaia de procurar corpos de guerrilheiros, diz procurador

Membros do Ministério Público Federal em Marabá, no Pará, buscam paralelamente ao Ministério da Defesa descobrir o paradeiro de corpos de guerrilheiros que atuaram na região do rio Araguaia na década de 1970. Mas informantes locais evitam apontar pontos de enterros improvisados por medo de represálias, disse nesta quinta-feira (18) o procurador da República Tiago Modesto Rabelo.

Depois de conversar com moradores de Tabocão e de Brejo Grande, a cerca de 90 quilômetros de Marabá, Rabelo afirmou que alguns dos informantes aceitam dizer onde estariam mais corpos de guerrilheiros, mas se recusam a ir ao local. “Tudo que envolve aqueles combatentes e o Exército tem aura de muito mistério, muita repressão na cabeça daquelas pessoas simples”, disse o procurador ao UOL Notícias.

Continue lendo do UOL Notícias.

Justiça sentencia Editora Abril por falsificação do contrato de assinatura e má-fé

Uma decisão da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) manteve sentença de 1ª Instância e determinou que a Editora Abril S.A. (da Revista Veja) indenize por danos morais e materiais H.C.C., um ex-promotor de justiça aposentado de São João Nepomuceno de quem ela cobrava indevidamente a assinatura de revistas.


Vejam com mais detalhes no blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Arsênico: Verdes mineiros são Laranjas?

Acaba de ser licenciado pela SUPRAM NOR a maior barragem de veneno do mundo. Rejeitos de arsênico depositado a céu aberto em Paracatu

Literalmente passamos vergonha. Em encontro com um de nossos parceiros em diversos projetos relativos à liberdade de imprensa na América Latina, Novojornal é questionado em público sobre o silêncio da imprensa mineira em relação a crimes ambientais praticados no estado.

Em seguida, é exibido um vídeo que está disponível no YouTube.

Pelo visto, assessores do governador mineiro dedicam-se a acompanhar apenas o que é veiculado em Minas Gerais e no Brasil. Relatório fundamentado no vídeo “Brasil 2020: I"m in; Tô dentro!” deve ser distribuído para imprensa internacional até o final do mês de março.

Vejam o texto completo e vários videos a respeito do assunto na mesma página do NOVO JORNAL


Honduras; membro da Resistência assassinado ..

O dia de ontem quarta-feira 17 de março às 5 e 30 horas, foi assassinado o senhor Francisco Castillo membro da Resistência Nacional contra o golpe de estado. O senhor Francisco Castillo, que trabalhava nas empresas de Miguel Facusse, renunciou ao seu trabalho por causa da participação de seu patrão no golpe.


Vejam mais em KAOSENLARED.NET



[Vídeo] Cubanas/os defienden el socialismo frente a la "oposición" capitalista subvencionada y dirigida por el imperialismo - video 03

[Vídeo] Cubanas/os defienden el socialismo frente a la "oposición" capitalista subvencionada y dirigida por el imperialismo - video 02

[Vídeo] Cubanas/os defienden el socialismo frente a la "oposición" capitalista subvencionada y dirigida por el imperialismo - video 01

Nota oficial - Serpro decide retirar seus projetos do Sourceforge

O Serviço Federal de Processamento de Dados - Serpro, a maior empresa pública de Tecnologia da Informação e Comunicação do Brasil, informa que está oficialmente deixando o site Sourceforge, devido ao bloqueio de acesso aos internautas residentes em Cuba, Síria, Irã, Coréia do Norte e Sudão.

O SourceForge é o principal repositório e biblioteca de projetos desenvolvidos em plataformas livres, porém a decisão do ambiente de restringir o acesso aos países que integram as listas de sanções dos Estados Unidos da América fere diretamente a filosofia e os princípios do software livre.

O Serpro entende que os conteúdos compartilhados no Sourceforge não são de propriedade intelectual norte-americana e sim daqueles que o produziram, dessa forma, não concorda com o fato de que seus projetos sejam censurados por causa do embargo do site.

Diante disso, os produtos da empresa que estão compartilhados no espaço serão redirecionados para outra iniciativa que comprometa-se com os ideias de liberdade disseminados pelo movimento do software livre.

Comunicação Social do Serpro - Brasília, 17 de março de 2010

Vejam neste endereço (em cache)

Solidariedade - Programação da XVIII Convenção de Solidariedade a Cuba em Porto Alegre


PROGRAMAÇÃO DA XVIII CONVENÇÃO DE SOLIDARIEDADE A CUBA

DE 04 a 06 JUNHO DE 2010 – PORTO ALEGRE - RIO GRANDE DO SUL


Vejam a programação em PATRIA LATINA


Estados Unidos Karl Rove justifica torturas do Pentágono

Washington (Prensa Latina) O ex-assessor presidencial Karl Rove (na foto com Bush) defendeu as técnicas extremas de interrogatórios porque segundo disse contribuíram para salvar vidas de soldados estadunidenses. Na opinião do principal conselheiro do ex-presidente George W. Bush, métodos como a "imersão" (waterboarding) contribuíram valioso material de inteligência ao Departamento de Defesa em tempos de guerra.
Eu me sinto orgulhoso dos soldados estadunidenses que aplicaram estas técnicas contra nossos inimigos, apesar de algumas autoridades as considerem torturas, assinalou Rove citado pelo meio de comunicação Newshour.



Vejam mais em PATRIA LATINA



DIREITOS TORTOS - Só basta com um exemplo

Elsa Claro

• A inícios de março se reuniu em Barcelona o Tribunal criado pelo filósofo Bertrand Russell e que leva seu nome, constituído originalmente para julgar os crimes cometidos no Vietnã, e depois na América Latina e noutros lamentáveis recantos do planeta. Nesta oportunidade, emitiu um ditame sobre a União Europeia, à qual considera culpada de não ter influenciado Israel, para impedir que este país empreendesse a Operação Chumbo Fundido, que provocou a morte de 1.412 palestinos e arrasou a escassa infraestrutura da Faixa de Gaza, entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009.

O testemunho da eurodeputada belga Véronique de Keyser, membro do Partido Socialista Belga, serviu para comprovar que a Comissão Europeia foi informada com antecedência do plano de bombardear Gaza, pois a ex-chanceler judia Tzipi Livni comunicou pessoalmente as intenções bélicas de Telaviv, durante uma reunião com a Comissão dos Assuntos Exteriores da UE, organismo que longe de colocar obstáculos à operação bélica, acedeu então a aprofundar os nexos com Israel. Portanto, essa Corte moral, formada por personalidades de tendências e credos muito diversos, considera que os 27 são cúmplices da chacina.

Vejam o texto completo em DIGITAL GRANMA INTERNACIONAL


Escola Latino-Americana de Medicina tem uma matrícula de 10 mil estudantes

A Escola Latino-Americana das Ciências Médicas (ELAM) de Cuba completou dez anos de criada e conta com uma matrícula de 10 mil estudantes de dezenas de países, que recebem a preparação acadêmica sem custo algum para os seus familiares.

"A nossa matrícula atual é de perto de 10 mil jovens. Já fizemos cinco formaturas (dos que concluiram o programa de seis anos) com 7.248 formados de 28 países", comentou a vice-reitora acadêmica, Midalys Castilla.

Atualmente, estudam jovens de 55 países — pois entraram alguns de países africanos e até de pequenas ilhas do Pacífico — e 75% deles são filhos de operários e camponees; além de estarem presentes bolsistas de 104 comunidades originárias da América Latina.

Vejam mais em PATRIA LATINA

Asesinato de Jon Anza: manifestación en Donostia

Decenas de miles de personas se han manifestado en Donostia en protesta por el asesinato de Anza. Responsabilizan a las Fuerzas de Seguridad del Estado. Vídeo de Koska Irratia


video


Vejam mais em LA HAINE.ORG

Ante o caso de Jon Anza

Há uma larga tradição no atual Estado espanhol, para não eximirmos do que procede o principal de suas instituições repressivas, o franquismo, de maus tratos, torturas, sequestros e assassinatos, em síntese de guerra suja, de atividades criminosas e contra os mais elementares direitos humanos.

Essas são umas praticas habituais que adquirem uns perfis mais bestiais quando são utilizadas contra os movimentos sociais e politicos que questionam o atual estado de coisas.

No caso da repressão contra o movimento popular basco, a chamada guerra suja alcança cotas absolutamente antagonicas com o que as pessoas normais entendem por um estado democrático e de direito, desenhando o que o regime atual realmente é: um sistema pós-franquista que mantem elementos fundamentais daquele que procede, sem que tenha havido a menor depuração de seus elementos, metodos e emaranhados institucionais orientados à repressão política e social.

Vejam o texto completo em LA HAINE.ORG

Manifestação a favor de Cuba 'derrota' oposição anticubana

Tendo que ouvir o som ensurdecedor de dezenas de vozes de “Ianques, não/Viva Fidel e a Revolução”, um grupo de quatro deputados da oposição chegaram para a manifestação que marcaram para esta quinta-feira (18) em frente a Embaixada de Cuba, em Brasília. Sem carro de som e sem manifestantes, acompanhados apenas por fotógrafos e alguns assessores, eles foram surpreendidos pelos manifestantes dos movimentos sociais, estudantil, parlamentares de esquerda e cubanos residentes no Brasil favoráveis a Cuba.
Em 10 minutos, os parlamentares anticubanos foram embora e a manifestação que “vingou” foi a de apoio a Cuba. No curto período de tempo em que permaneceram no local, os deputados José Carlos Aleluia (DEM-BA), Jair Bolsonaro (PP-RJ) e os tucanos João Almeida (BA) e Gustavo Fruet (PR) passaram em meio aos manifestantes e bateram boca com os estudantes. Em menor número, as vozes deles foram sufocadas pela maioria dos manifestantes a favor de Cuba.


Vejam mais no PORTAL VERMELHO

quinta-feira, 18 de março de 2010

Míssil palestino mata um durante chegada de enviada da UE a Gaza

A chefe de política externa da União Europeia (UE), Caroline Ashton, chegou nesta quinta-feira à Faixa de Gaza, no mesmo dia em que militantes palestinos dispararam um míssil contra Israel, matando um homem.

Ashton é uma das mais altas figuras políticas ocidentais a visitar o território palestino desde que o Hamas tomou o poder.

O míssil atingiu o kibutz (comunidade agrícola) de Netiv Ha'assera no sul de Israel, matando um trabalhador rural estrangeiro, na primeira fatalidade provocada por um míssil palestino desde o fim da ofensiva israelense contra Gaza em janeiro de 2009.

Após o ataque, Caroline Ashton afirmou que "condena qualquer tipo de violência".

Continua na BBC Brasil.

China analisa o "ato patriótico" dos EUA

China denuncia: violações de DH nos EUA assolam presídios e agridem liberdade de imprensa

Em um documento divulgado dia 12 pelo Escritório de Informação do Conselho de Estado da China, foi apresentado um registro detalhado sobre as violações dos direitos humanos cometidas pelos Estados Unidos no ano passado.

O documento divulgado pela China ressalta o chamado “ato patriótico” imposto pelo governo de Bush – usando como pretexto o 11 de setembro – para vigiar os cidadãos. “Apesar de sua defesa da ‘liberdade de expressão’, ‘de imprensa’ e ‘na Internet’”(…) a “Agência Nacional de Segurança (NSA) começou a controlar as comunicacões com equipametos especializados de escuta e interceptando telefonemas, faxes e contas de correio eletrônico em 2001. Usam isso para controlar milhões de americanos”. Com relação à liberdade de imprensa, segundo o New York Times (de 20 de abril de 2009), “o governo dos EUA fez com que ex-oficiais participassem dos jornais de rádio e TV sobre Iraque e Afeganistão para glorificar estes conflitos armados”.

Confira no blog do Luís Nassif

Quem votou em Chávez?

Lupu afirma que somente na eleição presidencial de 1998 – a que conduziu Chávez ao poder pela primeira vez – houve o tipo de polarização ideológica que se costuma associar à Venezuela, com os mais pobres apoiando o chavismo e a classe média e a elite votando na oposição. Ao longo da década seguinte esses números se modificaram. Os muito ricos continuaram a se opor intensamente a Chávez, mas aos poucos o presidente ganhou adeptos na classe média e os perdeu entre os pobres. Lupu observa que o padrão de coalizões multiclassistas caracterizou outros líderes políticos latino-americanos carismáticos e controversos, como Perón.

Confira a análise com Maurício Santoro - Todos os Fogos o Fogo.

A lei da mordaça na greve dos professores

Extinta em 2009, a “lei da mordaça”, que proibia os funcionários públicos de falarem com a imprensa, foi ressuscitada pelo Governo José Serra (PSDB) para evitar que a população tome conhecimento das deficiências da rede estadual de ensino e da amplitude da greve dos professores. A imposição da “mordaça” está expressa em memorandos enviados por email às direções das escolas estaduais. Um deles, distribuído pela Diretoria de Ensino Leste 3, diz o seguinte:

“Prezados Diretores

Agradecemos a preciosa atenção em relação aos informes sobre os números de professores que estão aderindo à greve. Entretanto, em virtude dessa paralisação, a imprensa está entrando em contato diretamente com as escolas solicitando dados e entrevistas. Solicitamos ao Diretor de Escola para não atender a esta solicitação.(...)

Confira no blog do Luís Nassif

Empresa americana quer concorrer a vaga no Congresso

Se depender de uma empresa americana, a figura do lobista que defende interesses de corporações nas instâncias legislativas é coisa do passado.

Sob o slogan “empresa também é gente”, a empresa de relações públicas Murray Hill Inc. lançou uma campanha para concorrer a uma vaga no Congresso americano, pelo Estado de Maryland.

A empresa, para quem os políticos são "intermediadores entre eleitores e empresas", quer tornar mais aberta e "sincera" a forma de se fazer política em Washington.

Em tom de piada, e empresa lançou uma campanha com vídeo na internet e página no site de relacionamentos Facebook prometendo “deixar o humano em segundo ou terceiro plano”.

A empresa resolveu explorar até as últimas consequências uma decisão da Suprema Corte de Justiça, que em janeiro passado reconheceu que as corporações têm tanto direito a participar de campanhas políticas como os indivíduos nos Estados Unidos.


Mais na BBC Brasil

Ossadas que podem ser da guerrilha do Araguaia são encontradas no Pará

Restos humanos que podem ser de um guerrilheiro do Araguaia foram encontrados nesta semana na região conhecida como Tabocão, no de Brejo Grande do Araguaia, a 90 quilômetros de Marabá, no Pará.

A descoberta da ossada foi feita por parentes do guerrilheiro Antônio Teodoro de Castro (que usava o codinome Raul na guerrilha) após um informante, que prefere não se identificar, indicar vários locais onde poderiam estar sepultados guerrilheiros.

Mais na BBC Brasil

Um quarto de bilhão de pessoas deixou favelas na ltima dcada, diz ONU


A ONU afirma que um total de 227 milhões de pessoas em todo o mundo deixaram suas favelas na última década, segundo o relatório State of the World s Cities 2010/2011.

O relatório afirma que China e Índia deram passos gigantes para melhorar as condições de moradia de suas populações.

Mas o crescimento populacional e o êxodo rural fizeram com que no total o número de favelados crescesse de 776,7 milhões para 827,6 milhões durante a década.

Continua na BBC Brasil.

Cuba, Israel e a dupla moral

Breno Altman

Tem sido educativo acompanhar, nos últimos dias, a cobertura internacional dos meios de comunicação, além da atitude de determinadas lideranças e intelectuais. Quem quiser conhecer o caráter e os interesses a que servem alguns atores da vida política e cultural, vale a pena prestar atenção ao noticiário recente sobre Cuba e Israel.

Na semana passada, em função de declarações do presidente Lula defendendo a autodeterminação da Justiça cubana, orquestrou-se vasta campanha de denúncias contra suposto desrespeito aos direitos humanos na ilha caribenha. Mas não há uma só matéria ou discurso relevante, nos veículos mais destacados, sobre como Israel, novo destino do presidente brasileiro, trata seus presos, suas minorias nacionais e seus vizinhos.


Vejam o texto completo OPERA MUNDI

Cuidado - seu próximo "amigo" no Facebook pode ser um agente do FBI

Cuidado com o que você publica no Facebook" - recomenda materia da PC World americana traduzida pela IDGNow - "Agentes federais dos EUA podem estar de olho". E revela - "Um documento interno do Departamento de Justiça dos EUA, obtido pela Electronic Frontier Foundation (EFF), mostra que agentes federais têm participado de redes sociais sob pretexto de combater crimes. De acordo com a apresentaçao de 33 páginas, que foi obtida pela EFF na Justiça com base na lei americana de liberdade de informaçao, agentes federais podem usar sites de redes sociais para garimpar informaçoes de e sobre suspeitos".

Notícia do BlueBus.

Jalopnik explica: VRT? RBR? STR? WTF?

E com um “bem amigos da Rede Globo”, começa mais uma temporada da Fórmula 1. Com ela, as transmissões de Galvão Bueno, os comentários de Reginaldo Leme, e a poderosa máquina de distorção da realidade da Globo: RBR e STR agora enfrentam a VRT. Se você não entendeu, Jalopnik explica.

(...)

Pior do que a falta de critério é o total desrespeito ao espectador, que corre o risco de ler os nomes oficiais nas transmissões da FIA e não entender nada. É isso: a Globo prioriza suas diretrizes comerciais em detrimento da informação. Uma baita aula de jornalismo. E as empresas que apoiam os esportes (e não usam um sobrenome ou o nome de uma marca de carros) pensam duas vezes antes de fazer investimentos na área. Todo mundo perde. Fica até engraçado - se não fosse trágico (...)

Confira o "post" completo no Jalopnik, blog associado ao Gizmodo Brasil. Grifos deste editor.

Mães e esposas de dissidentes são presas em protesto em Cuba

A polícia cubana prendeu, nesta quarta-feira, cerca de 30 mães e esposas de dissidentes políticos que participavam de uma manifestação na capital do país, Havana.

Intitulado 'Damas de Branco', o grupo exige a libertação de cerca de 50 críticos do governo que estão presos desde 2003.

A mãe de Orlando Zapata Tamayo, o primeiro ativista que morreu em decorrência de uma greve de fome, participava da manifestação.

Notícia completa na BBC Brasil.


Colômbia - Assassinado defensor de direitos humanos em Macarena, Meta

Aproximadamente às 4:00 h do dia 15 de março de 2010, foi assassinado o presidente do Comitê de Direitos Humanos da vereda La Catalina, de La Macarena, Meta, JHONNY HURTADO, identificado com a cédula de idade. Segundo as testemunhas "a vítima se encontrava desenvolvendo trabalhos agricolas em seu lote distante a uma hora - a pé - do centro povoado de Puerto Catalina quando escutou um disparo de arma de fogo. Jhopnny conseguiu andar uns 30 metros, caiu e logo morreu.
Siendo aproximadamente las 4:00 p.m. del día 15 de Marzo de 2010, fue asesinado el presidente del Comité de Derechos Humanos de la vereda La Catalina, de La Macarena, Meta, JHONNY HURTADO, identificado con la cédula de ciudadanía No 17.625.833 de Villavicencio (Meta). Hurtado tenía de 59 años de edad. Según los testigos «la víctima se encontraba desarrollando labores agrícolas en su parcela distante a una hora -a pie- del centro poblado de Puerto Catalina cuando escuchó un disparo de arma de fuego. Jhonny alcanzó a andar unos 30 metros cayó y luego murió."


Vejam mais detalhes em KAOSENLARED.NET

Oficina ligada a rede de lojas escravizava imigrantes

Uma operação de auditores fiscais da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo (SRTE-SP) inspecionou as instalações da Indústria de Comércio e Roupas CSV Ltda., registrada em nome do boliviano Valboa Febrero Gusmán, em 18 de fevereiro. Na oficina de costura que funciona no sobrado de uma igreja evangélica no bairro de Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte da capital paulista, foram encontradas 16 bolivianos (um deles com menos de 18 anos) e um jovem peruano trabalhando em condições análogas à escravidão na fabricação de roupas femininas. Entre elas, peças com etiquetas para a rede de magazines Marisa.

A partir daí, um rastreamento da cadeia produtiva da oficina realizado pela auditores fiscais confirmou que as peças eram produzidas para a rede, que possui mais de 220 lojas e 44 milhões de clientes/ano. A fiscalização e a investigação foi acompanhada pelo jornalista Maurício Hashizume, que publicou um um surpreendente relato do caso na Repórter Brasil, do qual trago alguns trechos importantes:

Leia no blog do Sakamoto.

Bolsa Família não é o "Bolsa Vagabundagem"

Foi uma virada na minha vida. Hoje sou uma profissional . Esse o depoimento de Lúcia Ins Batista da Silva. Há um ano e meio ela trabalha numa das maiores indústrias de confecções do país. Lúcia, beneficiária do Programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate Fome (MDS), é uma das 240 mulheres atendidas pelo programa de transferência de renda, que treinou e capacitou as mulheres para trabalhar na área têxtil, em Fortaleza.

Lúcia e essas 240 mulheres são o que desmente uma publicação que circula pela internet. Nela, se diz que 500 mulheres beneficiárias do Bolsa Família (e não as reais 240) não aceitaram emprego para não perder o benefício do Bolsa Família.


Continue lendo no Conversa Afiada.


Lula diz que palestinos sofrem 'bloqueio cruel' de Israel

Em Belm, ao lado do primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina, Salam Fayyad, o presidente Luiz Incio Lula da Silva classificou nesta tera-feira de cruel "o bloqueio que vem sofrendo o povo palestino" e fez duras crticas barreira construda por Israel na Cisjordnia.

O texto completo na BBC Brasil.

Ainda sobre a presença de Lula na Palestina, pela BBC:


Pronunciamiento de la Unión Nacional de Escritores y Artistas de Cuba (UNEAC) A los intelectuales y artistas del mundo

Enquanto a Feira do Livro percorria nosso país de um extremo a outro e centenas de medicos cubanos salvavam vidas no Haiti, gestava-se uma nova campanha contra Cuba. Um deliquente comum, com uma história comprovada de violência, dito "prisioneiro político", se declarou em greve de fome porque queria que fossem instalados telefone, cozinha e televisão em sua cela. Protegido por pessoas sem escrupulos e apesar do quanto se fez para prolongar-lhe a vida, Orlando Zapata Tamayo faleceu e tem sido convertido em um lamentável símbolo da maquinação anticubana. Em 11 de março, o Parlamento Europeu aprovou uma resolução que "condena energicamente a morte evitável e cruel do dissidente preso político Orlando Zapata Tamayo" e eum intromissão ofensiva em nossos assuntos internos "inta às instituições europeias a que deem apoio incondicional e promovam sem reservas o inicio de um processo pacífico de transição política a uma democracia pluripartidarista em Cuba".

Vejam o texto original em REBELIÓN.ORG

Mais sobre Avatar

(...) Eu gostei demais de Avatar, esse é o ponto. Primeiro por conta desse negócio de fazer o avatar dos nativos. E toda essa construção que a gente tem de diferença eigualdade através do corpo. É sempre a partir disso que vamos montando o nosso quadro de afinidades. E aí pra ser na'vi você tem que ser azul. E depois, no final, aquilo de tentar levar acientista e o Jake pro corpo dos na'vi pra sempre e tal. Veja que eu pensei mesmo que Shrek e mesmo A Bela e a Fera eram um marco da superação do corpo. E volta esse resgate todo e tals. Eu gosto muito disso, de olhar pra isso. Mas o melhor do filme, pra mim, foi constatado a partir de um comentário do meu irmão. Que assistiu comigo. Quando avisam os na'vi que os americanos vão invadir. E eles não temem o suficiente. Meu irmão disse "esses na'vi são uns tontos, eles tem que fugir". E eu acho que esse é o xis da gaita de todos esses filmes a respeito daeliminação sistemática do Outro. É que o Outro nunca tem a menor ideia. Do tamanho da maldade na nossa cultura.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Rosa Mauriz Díaz murió acusando a los asesinos de su hijo

Hugo García
digital@juventudrebelde.cu
16 de Marzo del 2010 22:39:32 CDT

MATANZAS.— Rosa Mauriz Díaz ya no está entre nosotros. Murió hace unos años, desconsolada; pero sentimentalmente la «mataron» el 6 de abril de 1976.

Ella es la madre de Bienvenido Mauriz Díaz, aquel joven pescador asesinado cuando se encontraban entre Cayo Anguila y Cayo Sal, en las Bahamas.

Esa fue una noche de «brindis para el vandalismo». Una lancha pirata tripulada por elementos terroristas de la organización Alpha 66, procedente de la Florida, atacó a los pesqueros cubanos Ferro 123 y Ferro 119 cuando estos se encontraban en aguas internacionales.

Vejam mais em JUVENTUD REBELDE-Diario de la juventud cubana - Edición Digital


Respuesta popular a la contrarrevolución

Deisy Francis Mexidor

Una nueva provocación contrarrevolucionaria fue respondida en la capital cubana con gritos de Viva Fidel!, Abajo la gusanera! Esta calle es del pueblo!.

Los grupúsculos internos, aupados por la más reciente campaña anticubana, pretenden llamar la atención para tratar de llevar el mensaje al mundo de que en Cuba se violan los derechos humanos y que no hay libertad.

"Pero ya esto cansa", comentaba un colega de un medio extranjero acreditado en La Habana, quien dijo sentirse "hastiado" de ver "tanto descaro".

Otoniel Díaz Trujillo, vecino de la barriada de Centro Habana, definió que lo único que defienden "es el dinero que les mandan de Estados Unidos todos los meses, porque viven de eso y ninguna trabaja".

Vejam o texto completo em GUERRILLERO-Edición Digital

A guerra política sem quartel

No dia 29 de dezembro passado recebi e-mail de um leitor, com informações sobre a guerra política a ser deflagrada este ano pela Internet.

Segurei as informações que me foram passadas, até ter uma ideia mais clara sobre os desdobramentos e conferir se as informações se confirmariam. Aparentemente estão se confirmando.

Continua no Luís Nassif, advertindo sobre o ano de eleições que vem por aí.


Iraquianas têm saudades de Saddam Hussein

Antes, as mulheres tinham quase os mesmos direitos que as do Ocidente. Agora, são os clérigos que interpretam as suas liberdades. Por Abdu Rahman e Dahr Jamail, de Bagdad para a IPS

Após a ocupação pelos Estados Unidos, em 2003, o Islão converteu-se na religião oficial do Iraque, o que deixou em poder dos clérigos a interpretação das liberdades das mulheres. A lei de Estatuto Pessoal, que entrou em vigor em 14 de Julho de 1958, quando os iraquianos derrubaram a monarquia instalada pela Grã-Bretanha, dava às iraquianas a maioria dos direitos que tinham as mulheres ocidentais.

Vejam o texto completo em ESQUERDA.NET

Justiça e mídia partidária

Promotor Blat fica em péssima situação ao não apurar que FIDC Bancoop já foi pago

O promotor José Carlos Blat, ficou em péssima situação quando fez essa denúncia à Revista Veja, antes sequer de apurar a real situação:

Segundo a revista “Veja”, em 2004, a Bancoop captou no mercado R$ 43 milhões, sendo 85% de fundos de pensão de estatais, alguns deles controlados pelo PT. “Esse dinheiro simplesmente sumiu e muitos prédio sequer foram construídos”, disse o promotor. (confira aqui no G1)


Os R$ 43 milhões não sumiram. Eles foram pagos a quem direito: aos fundos de pensão que aplicaram o dinheiro.



Revista Veja publicou mentira depois da mentira estar comprovada

As infelizes vítimas consumidores e assinantes da revista Veja já podem recorrer ao Procon, por terem recebido produto fora do prazo de validade.

Quando uma revista publica um boato, que já foi comprovadamente desmentido pelos FATOS, está vendendo notícia estragada, com prazo de validade vencido.


Vejam mais detalhes e imagens dos documentos no blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Ibope aponta queda na distância entre Serra e Dilma e disputa polarizada

Uma nova pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quarta-feira indica um cenário cada vez maior de polarização entre os prováveis candidatos do PSDB, o governador José Serra, e do PT, a ministra Dilma Rousseff, nas eleições presidenciais de outubro.

De acordo com o levantamento, Serra permanece na liderança da disputa, mas a vantagem em relação a Dilma caiu para cinco pontos percentuais.

Mais na BBC.

"Utopia e barbárie" chega aos cinemas em abril

Documentário de Silvio Tendler reconstrói o mundo a partir da II Guerra Mundial. O filme, que percorreu 15 países, faz uma revisão nos eventos políticos e econômicos, que desde a metade do século XX elevaram ao risco e até ao desaparecimento dos sonhos de igualdade, de justiça e harmonia, em busca de entender as questões que mobilizam esses dias tumultuados: a utopia e a barbárie. Ao longo de quase duas décadas de trabalho, Silvio Tendler fez uma minuciosa pesquisa e reconstruiu parte da história mundial, através do olhar de diferentes personagens.


Vejam o texto completo em CARTA MAIOR

Caiu a casa da Editora Abril: suntuoso edifício sede é da PREVI

A revista Veja, da editora Abril, tem se mostrado interessada em repaginar reportagens antigas sobre fundos de pensão e imóveis, mas omite as relações obscuras que levaram ela própria a ser a feliz ocupante de um moderno e suntuoso edifício da PREVI (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil).

A Editora demo-tucana está instalada em um dos mais suntuosos e modernos edifícios de São Paulo, desde 1998 (ano da reeleição de FHC).

Trata-se do Edifício Birman 21, também conhecido como NEA ("Novo Edifício Abril"), na Avenida das Nações Unidas, 7221.

Nas palavras do chefão Roberto Civita, é equipado com um bom restaurante, um bom "chef", bons vinhos, onde Civita convida todos os dias alguém para almoçar. Os habituais são José Serra, FHC, Aécio Neves, Tasso Jereissati, Gilmar Mendes, Sergio Guerra, Álvaro Dias... em geral demo-tucanos que conspiram e articulam factóides da semana e concedem entrevistas nas paginas amarelas, além de empresários e autoridades do poder judiciário, entre outros.
(...)

O "Novo Edifício Abril" é fruto de uma "joint-venture" entre a incorporadora brasileira Birman (de Rafael Birman, irmão de Daniel Birman, do grupo Arbi) e a estadunidente Turner Corporation.

A PREVI entrou com o dinheiro, comprando o imóvel para sua carteira de investimentos.

E o Grupo Abril conseguiu alojar-se neste patrimônio da PREVI em 1998, no governo FHC, quando a PREVI estava sob influência de Ricardo Sérgio de Oliveira, apontado como ex-caixa de campanha de José Serra (PSDB/SP) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB/SP).


Vejam o texto completo no blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

O que é o Sionismo?Entrevista Ralph Schoenman

A comunidade judaica internacional deve repudiar o Estado de Israel, fundado por amigos de nazistas e colaboradores do Holocausto. O tenebroso Holocausto de judeus na Europa na década de 40 jamais foi combatido pelo movimento sionista (fundador do Estado de Israel). Ao contrário, o movimento sionista colaborou (inclusive financeiramente) com a Alemanha nazista em diversos momentos, e chegou a fazer acordos com os nazistas na Hungria para que o Holocausto fosse levado adiante, com a liberação de apenas uma "elite" de alguns poucos judeus "jovens, saudáveis e inteligentes" dispostos a ir participar da invasão da Palestina, enquanto o restante poderia perecer nas câmeras de gás. O sionistas tinham interesse no Holocausto, pois servia para afugentar os judeus da Europa, em direção ao Oriente Médio, para participarem da invasão da Palestina e do conseqüente massacre terrorista contra os habitantes daquela terra, os árabes palestinos. Essas afirmações, que podem chocar algumas pessoas pelo seu "ineditismo", são baseadas em verdades históricas puras e simples, ignoradas durante décadas pela grande mídia. Não se trata de "revisionismo" (o porco movimento neonazista que afirma que o "Holocausto não existiu"), pelo contrário, trata-se do reconhecimento de que o Holocausto nazista de judeus existiu, foi um enorme crime contra a humanidade, e que foi apoiado pelo movimento sionista (fundador de Israel).


Vejam o texto e a entrevista completa em KAOSENLARED.NET

terça-feira, 16 de março de 2010

Articulação do Governo Geisel matou Jango

O historiador Oswaldo Munteal Filho, pesquisador da FGV do Rio, e professor da PUC e da UERJ, lançará nos próximos dias o livro “João Goulart: A Operação escorpião e o Antídoto da História”.

Munteal sustenta que o presidente Ernesto Geisel, seus Ministros da Justiça, Armando Falcão, e da Guerra, Silvio Frota, articularam um plano que culminou no envenenamento e morte de Jango, em 6 de dezembro de 1976.

Munteal começou a pesquisador sobre as Reformas de Base do Governo João Goulart e, aos poucos, bateu com documentos de uma “Operação Escorpião”, do Serviço Nacional de Informações, SNI, que era subsidiária da Operação Condor.

Continua no Conversa Afiada.

Os 130 anos da imigração árabe

Em 2010, o Brasil celebra 130 anos do início da imigração árabe. Atualmente, mais de 12 milhões de árabes e descendentes vivem no país e contribuem cultural, econômica e politicamente para as sociedades locais; apenas em São Paulo, são ao menos 2,5 milhões de pessoas. Em outros países da América do Sul, a presença árabe também é expressiva.

O Festival Sul-Americano da Cultura Árabe tem como objetivo refletir sobre as manifestações culturais árabes e as contribuições dos imigrantes. A intenção é fortalecer o vínculo entre a América do Sul e os Países Árabes com base no respeito à diversidade cultural e nos laços históricos e culturais, além de incentivar a cultura da paz por meio da aproximação dos povos. A programação do Festival inclui cinema, literatura, teatro, música, dança, artes plásticas, contação de histórias, cordel, repente, arqueologia, fotografia, moda, gastronomia e intervenções artísticas.

O texto continua, com a programação do Festival, em São Paulo, no blog do Luís Nassif.


Mesmo com lei rigorosa, pirataria na França aumenta

É interessante observar os resultados de leis cibernéticas em outros países. Já se passou um semestre desde que a França anunciou leis severas de políticas contra a pirataria, conhecida como "three-strikes", ou "Hadopi" (que a partir do francês, significa "Alta Autoridade para a Difusão de Obras e a Proteção dos Direitos na Internet"), e a apesar da ameaça de enormes consequências, o download ilegal está mais forte do que nunca.

A lei possui o apelido "three-strikes" porque é baseada em três ações: ao infrator são dadas duas advertências, e na terceira vez recebe uma punição que pode incluir o banimento da Internet, uma multa de até 415 mil dólares, e até dois anos de prisão. Os defensores do Hadopi acreditavam que tais sanções convenceriam as pessoas a pararem de baixar conteúdos protegidos por direitos autorais, mas aconteceu justamente o contrário: a nova lei forçou os franceses a buscarem alternativas.

Continua no Guia do Hardware. Via BR-Linux.

ONG palestina pede a Lula romper relações comerciais e militares com Israel

A ONG palestina Stop the Wall (Detenha o Muro) pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para cortar as relações comerciais e militares com Israel ao advertir que o Estado judeu legitima o apoio à ocupação dos territórios palestinos.

Essa organização, que critica o muro de separação israelense na Cisjordânia, divulgou um documento no qual apresenta dados sobre as relações bilaterais entre Brasil e Israel em matéria econômica e de defesa.


"Com essa campanha, aqueles que perderam suas terras por causa dos assentamentos (israelenses) e do muro se dirigem ao presidente Lula", afirma o coordenador da iniciativa, Jamal Juma.

Continua no G1.

Curso sobre Leibniz gratuito na Ufrj, começará nesta quarta-feira

JB Online

RIO DE JANEIRO - O Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza, na Ufrj, estará promovendo a partir de amanhã um curso com o professor oriundo da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, Greg Chaitin, sobre Leibniz, refletindo sobre os limites da matemática.

O curso será gratuito e irá até o dia 26 de maio.

Em Busca da Linguagem Perfeita

Trata-se de um curso sobre Leibniz e suas ideias a respeito da matemática, linguagem ideal que descreve o universo e também uma ferramenta comum a boa parte das ciências. As aulas abordam os limites da matemática e sua relação com o dia a dia. As explicações envolvem questões conceituais com uma linguagem acessível, mesmo para os que não estão familiarizados com números.


Vejam mais em JB Online

Operação “Tempestade no Cerrado”: o que fazer?

O PT é um partido sem mídia...
O PSDB é uma mídia com partido...

Mauro Carrara

“Tempestade no Cerrado”: é o apelido que ganhou nas redações a operação de bombardeio midiático sobre o governo Lula, deflagrada nesta primeira quinzena de Março, após o convescote promovido pelo Instituto Millenium.

A expressão é inspirada na operação “Tempestade no Deserto”, realizada em fevereiro de 1991, durante a Guerra do Golfo.

Liderada pelo general norte-americano Norman Schwarzkopf, a ação militar destruiu parcela significativa das forças iraquianas. Estima-se que 70 mil pessoas morreram em decorrência da ofensiva.

A ordem nas redações da Editora Abril, de O Globo, do Estadão e da Folha de S. Paulo é disparar sem piedade, dia e noite, sem pausas, contra o presidente, contra Dilma Roussef e contra o Partido dos Trabalhadores.


Vejam o texto completo no blog GRUPO BEATRICE

Para Sam e Lucila

Eu sei que eu escrevi mais de um artigo sobre política de cotas, mas nunca consigo achar nada no meio dos meus blogs espalhados pela web. O que me parece central nessa discussão é algo simples, mas que fica enevoado. Que a política de cotas visa combater o racismo. É uma medida que tem como objetivo diminuir as desigualdades raciais.

Confira a continuação na Beauvoriana - A Feminista.

El voto baldío

Curiosamente, casi todos los que lleguen a delegados de circunscripción son militantes del PCC y ponen su disciplina partidista por encima de los deberes para con los electores. No van a representarnos frente al gobierno, ni a ser nuestra voz proyectada hacia las instituciones, sino que fungirán como los heraldos de las malas nuevas llegadas desde arriba, canales de transmisión de esas regulaciones y directrices que decidan unos pocos. En más de treinta años de su existencia estos representantes del Poder Popular no han logrado que la basura se recoja eficientemente, las panaderías trabajen con calidad y las fosas albañales no supuren por todas partes. Tampoco encarnan la heterogeneidad de tendencias existentes en nuestra sociedad. Han llegado a esos puestos más por su probada fidelidad que por su capacidad de gestión.

Comentário completo no Generación Y.

Aliados de Uribe vencem eleição parlamentar na Colômbia

Resultados preliminares das eleições do domingo para renovar o Parlamento da Colômbia e para o Parlamento Andino (órgão de deliberação da Comunidade Andina de nações), divulgados nesta segunda-feira, indicam uma vitória de aliados do presidente colombiano, Álvaro Uribe.

Os dois partidos mais votados são aliados na coalizão de governo e atualmente dominam o Congresso do país. Em primeiro ligar na preferência dos eleitores ficou o próprio partido de Uribe, o Partido de la U.

Também faz parte da aliança o novo Partido de Integração Nacional (PIN), que ficou em quarto lugar, apesar das repetidas acusações de envolvimento da agremiação com pessoas ligadas a grupos paramilitares de direita.

O pleito teve uma baixa votação para partidos independentes e marcou também o recuo do partido de esquerda Polo Democrático Alternativo (PDA).

Mais na BBC Brasil.


A partidarização da RBS: o braço ruralista

A comentarista e colunista política da RBS, Ana Amélia Lemos, confirmou hoje o que já era esperado: será candidata ao Senado pelo PP. Segundo anunciou, pretende defender os interesses do agronegócio gaúcho. Ou seja, continuará a fazer o que já fazia como colunista da RBS, sem informar aos seus ouvintes e leitores sua coloração partidária.

(...)

Até confirmar oficialmente sua candidatura, Ana Amélia jamais informou sua filiação partidária a seus ouvintes e leitores. Quando se posicionava, por exemplo, contra a revisão de índices de produtividade no campo, estava expressando uma convicção pessoal, jornalística, legítima de alguém que ocupa um espaço de opinião, ou estava contrabandeando uma posição do PP, partido que tem uma relação umbilical com os interesses dos grandes proprietários de terra e da Farsul?

Texto completo no RS Urgente.

Juiz dos EUA proíbe brasileiro de cumprir pena no País

O juiz Michel Viliani, da Corte de Las Vegas, nos Estados Unidos, rejeitou pedido dos advogados do brasileiro João Idelfonso, condenado por crimes sexuais, para que ele possa cumprir a pena no Brasil. O apelo é para que sejam atendidas normas da Convenção Interamericana sobre Cumprimento de Sentenças Penais no Exterior, firmada com a adesão dos EUA, em 1993, em Manágua.

Segundo o advogado brasileiro Gerson Mendonça Neto, que atua na defesa de Idelfonso com seu colega norte-americano John Momot, o juiz alegou que o Brasil não é um país sério e, sendo assim, não manterá o condenado na cadeia. Idelfonso, de 29 anos, está preso há um ano e meio na cidade de Love Lock, em Nevada.

Mais na MSN News, via Conversa Afiada.


A pedidos: Serra não deixou Justiça apurar se ele é ladrão

O Conversa Afiada republica entrevista que fez o com o Juiz Walter Maierovitch.

E assim atende pedido de amiga navegante que quer saber por que Serra não fala mais em combater a corrupção.

Ela se lembrava vagamente que Maierovitch tinha tratado de uma denúncia contra Serra na Justiça e que o nome de Bierrenbach a ela estaria associado.

Confira no Conversa Afiada.


Irã invade sites de oposição e prende ativistas de internet

A Guarda Revolucionária Islâmica do Irã hackeou (invadiu) 29 sites relacionados ao que chamou de redes de espionagem dos Estados Unidos. A informação foi divulgada pela agência de notícias local Fars News Agency no domingo (14/3).

“Os sites invadidos agem contra a segurança nacional do Irã, cobrindo atividades de direitos humanos”, relatou a agência. Não foram dados detalhes sobre os ataques. Os 29 sites foram identificados em um comunicado divulgado em uma página operada forças armadas do governo iraniano.

Continua no IDGNow!


A nova legislação brasileira de direitos autorais

Mas há mais novidades na proposta, incluindo a flexibilização no direito de fotocopiar livros (para uso privado, e de uma obra “legitimamente adquirida”), a cópia de livro ou disco esgotado (que não se encontre no mercado por no mínimo 5 anos), e o direito do sample musical.

Confira o texto no BR-Linux.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Oficial do Pentágono cria rede privada de espionagem

Washington, 15 mar (Prensa Latina) Michael Furlong, oficial do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criou por sua conta uma rede de espiões privados no Afeganistão e Paquistão, publica hoje o jornal The New York Times.

Furlong teceu a operação de espionagem com o pretexto de conformar um programa de obtenção de informações que permitisse interceptar a supostos insurgentes e liquidar-los, de acordo com informações de fontes militares e empresariais em Kabul e Washington.


Vejam mais em PRENSA LATINA-Agencia Informativa Latinoamericana

Posada Carriles e o Parlamento Europeu

Havana, 15 mar (Prensa Latina) Quase em paralelo à recente sessão do Parlamento Europeu que alinhou essa instituição com a campanha midiática contra Cuba, um tribunal estadunidense suspendeu pela enésima vez o julgamento que segue contra Luis Posada Carriles.

O assinalado como mas importante terrorista da história recente na América Latina, sorridente e tranquilo, absolutamente não foi molestado em sua feliz estadia na Flórida, consciente da imunidade representada pelos segredos que conhece das atividades violentas contra a Ilha, para as quais foi recrutado pela CIA.
(...)
Sua mais indignante e célebre façanha foi a explosão em pleno voo, em 1976, de um avião da Cubana de Aviação em frente a costa de Barbados, mediante a qual assassinou a sangue frio 73 pessoas, entre elas os jovens integrantes da equipe de esgrima que regressava a Havana depois de ganhar um torneio na Venezuela.
(...)
Seu sócio de feitoria, Orlando Bosch, outro aliado dos serviços de espionagem norte-americanos, declarou tranquilamente que apenas havia morrido no terrível atentado "um grupo de negrinhos" mostrando assim sua semblante moral.


Vejam o texto completo em PRENSA LATINA-Agência Informativa Latinoamericana

Morreu Jean Ferrat, o último dos grandes da canção francesa


Laure Brumont
Yahoo

Prolífico e discreto, Jean Ferrat, de 79 anos, compôs e interpretou umas 200 canções, nas quais mesclava textos comprometidos, homenagens ao poeta e novelista Luis Aragon e declarações de amor a Ardèche, sua região adotiva, donde vivia desde há muitos anos.

Nascido em 26 de dezembro de 1930 em Vaucresson (suburbios de Paris) e registrado com o nome de Jean Tenebaum, perdeu à idade de 11 anos seu pai, que era um judeu emigrado da Rússia e deportado a Auschwitz. Ferrat foi salvo graças a militantes comunistas, algo que nunca esqueceu.

Depois da Segunda Guerra mundial abandonou os estudos de bacharelado para ajudar sua familia e conseguiu trabalho como assistente num laboratório de química até 1954, época na qual começou a cantar em cabarés parisienses.

Rapidamente, Jean Ferrat decidiu interpretar textos comprometidos, como "Nuit et Brouillard" (Noite e Neblina, 1963), que fala dos horrores da deportação durante a guerra - uma canção que não foi difundida pelas emissoras - e logo "Potemkin" (1965), à glória dos marinheiros do encouraçado do Mar Negro cujo motim foi o prelúdio da Revolução russa de 1905, também proibida.

Simpatizantte do Partido Comunista sem nunca ter sido membro, Ferrat tomou certa distância em determinado momento do regime soviético.

Vejam o texto completo em REBELIÓN.ORG

Editorial da Carta Maior

"Espremido pela transparência do colapso neoliberal, o conservadorismo midiático resolveu aspergir gotículas de pseudo-keynesianismo nas candidaturas sob sua guarda. Assistimos, digamos assim, a um aggiornamento de paladar ao gosto da 'boca de urna' no pós-crise dos livres mercados. Depois de atacar Dilma Rousseff pelo viés estatizante de suas idéias, e vê-la subir nas pesquisas, agora o Estadão elogia Serra e a Folha estende tapete vermelho para Marina: ambos defendem um 'Estado ativo', garantem os jornais. Marina --diz a Folha-- vai defender 'o liberalismo sustentável'. Seja lá o que essa alquimia significa, sua manipulação ficará a cargo do novo formulador verde, o 'filósofo liberal' querido das platéias plutocratas, Eduardo Gianetti da Fonseca. No caso de Serra, o 'Estado ativo' será embrulhado pelas mãos dos seguintes nomes convocados para a equipe de campanha demotucana: Eduardo Graeff (ex-FHC); Eduardo Jorge Caldas Pereira (ex-FHC); deputado federal Luiz Paulo Velloso Lucas (PSDB-ES) e José Roberto Afonso -- estes, dois dos mais atuantes castrati do coral conservador contra 'a gastança pública'"
(Carta Maior e a ginástica para que Serra e Marina não tenham que vestir o boné da Petrobrás e o jaleco do Banco do Brasil em plena campanha; 14-03)


Vejam em CARTA MAIOR

Cuba, Lula, as eleições e a Folha

Escrito por Valéria Nader, da Redação
12-Mar-2010

A edição de 11 de março da Folha de S. Paulo é talvez o exemplo mais contundente de uma orquestração em absoluto e inequívoco uníssono em torno a um tema. Este tema é Cuba, o que não surpreende, já que a ilha é tradicionalmente tomada pelos grandes veículos de mídia como uma ditadura cruel, sem direito ao menor contraditório. E esse tema é agora coadjuvado pelo presidente Lula, com o pano de fundo do processo eleitoral de 2010, cuja estrela maior até o momento é o operário-presidente - para o infortúnio do diário tão nitidamente inclinado pelas opções políticas e econômicas dos tucanos.

Vejam o texto completo em CORREIO DA CIDADANIA

Jornalismo de resistência traz experiência hondurenha para debate no Brasil

Karol Assunção *
Adital -

Discutir os desafios do jornalismo de resistência. É com esse objetivo que o Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina apresenta, na edição deste mês do Círculo da Palavra, o jornalista hondurenho Rony Martinez, repórter da Rádio Globo do país centro-americano. A partir de amanhã (16) e até o dia 22, Martinez discutirá - em diversos espaços - com estudantes e profissionais de comunicação sobre a importância e os desafios de promover um jornalismo de resistência nos países.

A escolha do jornalista hondurenho para debater sobre a soberania comunicacional não foi à toa. Repórter da Rádio Globo Honduras, Martinez vivenciou - e ainda vivencia - o jornalismo de resistência no país centro-americano. Após o golpe de Estado que destituiu Manuel Zelaya do poder, em junho do ano passado, a Rádio assumiu o desafio de resistir ao governo de fato e de dar voz à população.

Vejam mais detalhes em ADITAL-Notícias da América Latina e Caribe

Doleiro da Veja abre a "caixa de pandora" de José Serra

Em primeira mão no blog Os Amigos do Presidente Lula em 15/03/2010 às 12:40

A revista Veja, ao recorrer ao "doleiro" Lucio Bolonha Funaro, abre a caixa de pandora que ronda perigosamente José Serra (PSDB/SP), através das relações com o banqueiro tucano Luiz Carlos Mendonça de Barros.

Lucio Funaro aparece na CPI dos Correios em uma operação que deu prejuízo de R$ 32 milhões ao Banco do Brasil, mas quem aparece ganhando na outra ponta foi a corretora Link, dos filhos de Luiz Carlos Mendonça de Barros.

José Serra e Mendonça de Barros eram tão próximos que, quando Serra era Ministro do Planejamento de FHC, em 1995, nomeou-o presidente do BNDES, declarando "Luiz Carlos ... é uma figura em quem confio sem nenhuma restrição":


Vejam mais no blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Jornal da Ciência - notícias recentes

Parceria com Europa divide astronomos

Ideia é ampliar recursos na área, mas pesquisadores temem que leve a retrocesso na estratégia atual do país

A proposta do ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, de estabelecer uma parceria com o European Southern Observatory (ESO), divide a comunidade astronômica brasileira.

O ministro esteve no Chile no mês passado a convite do ESO e manifestou seu interesse ao seu diretor Tim Dzeeuw. O ESO coordena uma série de observatórios no Hemisfério Sul, entre eles, o VLT, um dos conjuntos mais avançados de instrumentos ópticos do mundo.


Conferência reune matematicos de todo o mundo para debater sistemas dinamicos

Os 70 anos do presidente da ABC e matemático do Impa, Jacob Palis, foram comemorados em Búzios (RJ), durante evento que reuniu mais de 200 matemáticos de todo o mundo

A Conferência Internacional sobre Sistemas Dinâmicos, realizada regularmente no Rio de Janeiro, reuniu em Búzios mais de 200 matemáticos dos mais diversos países. O evento ocorre desde 1971 e se repete a cada quatro ou cinco anos.

De acordo com Carlos Gustavo Moreira, um dos membros do Comitê Organizador, este ano foi proposta a comemoração dos 70 anos do presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Jacob Palis, pesquisador do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), dentro da Conferência, que passou então a homenageá-lo.

Vejam mais no JORNAL DA CIÊNCIA-SBPC

'O tempo para os jornais está se esgotando'

Saiu hoje a ediçao 2010 do The State of The News Media, check up anual da mídia nos EUA. Com muitas questoes sobre o futuro e números negativos, o relatório informa que os jornais, incluindo os online, perderam 26% em receita publicitária em 2009. Nos últimos 3 anos, a perda chega a 43%. Também marcam quedas significativas as redes de TV (-8%), as revistas (-17%), o rádio (-22%) e as emissoras locais de TV (-22%). Apenas a TV a cabo nao perdeu em receita publicitária.

Mais no Blue Bus

domingo, 14 de março de 2010

Tailândia: Milhares exigem renúncia do governo

Milhares de pessoas vestindo camisetas vermelhas foram às ruas da capital da Tailândia, Bangcoc, neste domingo para pedir novas eleições no país e manifestar apoio ao primeiro-ministro deposto em 2006, Thaksin Shinawatra.

Os "camisas-vermelhas" também determinaram que o prazo para o atual governo, que acusam de ser "ilegítimo" e apoiado pelos militares, renunciar é meio dia (horário local) de segunda-feira e dizem estar dispostos a espalhar os protestos por todo o país.

Notícia completa na BBC Brasil.


Colômbia vai às urnas para escolher Congresso

Sob forte aparato policial, 30 milhões de eleitores podem votar neste domingo para eleger o novo Congresso da Colômbia e integrantes do Parlamento Andino (que monitora a Comunidade Andina) – além dos candidatos de dois partidos às eleições presidenciais de maio.

Notícia completa na BBC Brasil.

Relatório aponta maus tratos na indústria de carne britânica

Um relatório divulgado neste sábado pela Comissão de Direitos Humanos e Igualdade (CDHI) do governo da Grã-Bretanha afirma que milhares de empregados da indústria britânica de processamento de carne sofrem maus-tratos.

O documento afirma que um em cada cinco empregados do ramo já foi empurrado ou agredido e destaca a denúncia de um brasileiro que trabalha no leste da Inglaterra.

Continue lendo na BBC Brasil.

Israel, os assentamentos ilegais na Cisjordânia e a visita de Joe Biden (4): Obras em Jerusalém abalaram relação de Israel com EUA, diz Hillary

"Como nós já dissemos, nós aceitamos o que o primeiro-ministro Netanyahu disse. Mas, ao mesmo tempo, ele é o chefe do governo israelense e é o responsável em última instância pelas ações daquele governo", respondeu o porta-voz.

Israel anunciou nesta sexta-feira que fechou as entradas para a Cisjordânia por 48 horas alegando motivos de segurança. A medida foi criticada pela União Europeia.

A notícia completa na BBC Brasil.