sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A morte do físico iraniano

Pelas notícias que li, este professor trabalhava na Universidade e não estava envolvido com qualquer programa nuclear do governo. Também tem que ele trabalhava mesmo com física de partículas…

Ademais, estava na lista dos que deram suporte aos protestos anti-Ahrmadinejad.

Texto completo no blog do Luís Nassif.

O jornalismo Derrotado

A julgar pelos noticiários, um fantasma assola o Brasil: o Programa Nacional de Direitos Humanos em sua 3º versão (PNDH-III). Todas as potências da Santa Aliança unem-se contra ele: setores da mídia, políticos conservadores, o agronegócio, os militares e a cúpula da Igreja. Os críticos afirmam que o programa propõe a “revisão da Lei de Anistia”, que é autoritário ao propor “controle sobre os meios de comunicação”, além de ser “contra o agronegócio”. Radicalizando, houve quem –fora dos manicômios - identificasse no texto disposição por uma “ditadura comunista”. É hora de denunciar esta farsa onde a desinformação se cruza com o preconceito e a manipulação política.

Continue lendo no RS Urgente.

Japão coloca fim a 8 anos de apoio aos EUA no Afeganistão

O Japão ordenou hoje o fim da missão naval que durante oito anos prestou apoio à campanha militar dos Estados Unidos no Afeganistão, apesar da oposição de Washington, principal aliado dos japoneses.

Poucas horas depois de expirar a lei que autorizava essa missão, o ministro da Defesa japonês, Toshimi Kitazawa, emitiu oficialmente a ordem de parar as operações logísticas que, desde 2001, davam apoio aos EUA e a seus aliados no Oceano Índico.

O fim dessa missão era uma das promessas eleitorais com as quais o primeiro-ministro Yukio Hatoyama chegou ao poder, em setembro do ano passado, quando acabou com mais de cinco décadas de poder quase ininterrupto do Partido Liberal-Democrata (PLD).

Hatoyama, do Partido Democrático (PD), defendeu desde o início uma política externa "mais independente" dos EUA, o que incluiu o anúncio do fim do apoio logístico à guerra no Afeganistão.

Continua no UOL Notícias.

boris-c-e-as-pulsoes-reprimidas


Boris C.: os Garis como Bodes Expiatórios das Pulsões Reprimidas
.
O caso de Boris C. tem como chave de compreensão o preconceito e a agressividade. Pesquisando a vida desse personagem observa-se que esses dois comportamentos já se manifestavam em sua juventude, seguramente como reflexos de processos anteriores que construíram uma mente fragilizada e sujeita à sublimação constante de seus desejos. Veja-se a reportagem de 1968 revela sua filiação a organizações criminosas na juventude (1), em um tipo de gangsterismo pseudo-politizado e com forte componente de tentativa de afirmação da masculinidade. Para mim, está evidente que o recurso à violência é uma forma de construir uma imagem que oculte os verdadeiros desejos mantidos prisioneiros pelo superego.
(...)
Ao assumir a agressividade como modus operandi da sublimação, o indivíduo muitas vezes toma o caminho da construção do fetiche. Busca, assim, associar a prática da violência com objetos que, de alguma maneira, ofereçam-lhe a segurança que seu eu fragilizado não é capaz de oferecer a si próprio. Não é sem motivo, portanto, que a reportagem de sua juventude menciona que Boris C. gostava de andar armado. Se hoje não tem mais esse hábito, muniu-se de outra arma, o microfone, um outro objeto fálico que evoca o mesmo poder masculino que uma pistola.


Vejam o texto completo no blog CLOACA NEWS

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

MST desmente mais uma "reporcagem" da revista Veja

Como VEJA está depredando o jornalismo e a verdade
12 de janeiro de 2010

NOTA DO MST-PA SOBRE REPORTAGEM DA REVISTA VEJA

1-O MST do Pará esclarece que não tem nenhuma fazenda ocupada no município de Tailândia, como afirma a reportagem da Revista Veja “Predadores da floresta” nesta semana. Não temos nenhuma relação com as atividades nessa área. A Veja continua usando seus tradicionais métodos de mentir e repetir mentiras contra os movimentos sociais para desmoralizá-los, como lhes ensinou seu mestre Joseph Goebbels. A reportagem optou por atacar mais uma vez o MST e abriu mão de informar que o nosso movimento não tem base social nesse município, dando mais um exemplo de falta de respeito aos seus leitores.

Vejam o texto completo no blog OS AMIGOS DO PRESIDENTE LULA

Governo federal vai indenizar vítimas da talidomida

Cinquenta anos após a comprovação de que a droga causa deformações congênitas e outros graves problemas, portadores brasileiros da síndrome finalmente serão indenizados. A droga ainda está no mercado.

Para Claudia Marques Maximino, presidente da Associação Brasileira de Portadores da Síndrome da Talidomida (ABPST), as limitações, privações e sofrimento impostos às vítimas não têm preço.
(...)
No entanto, segundo ela, a indenização – que é uma luta antiga da ABPST – é o reconhecimento, pelo poder público, da omissão que produziu tantas deficiências e também uma forma de compensar os gastos principalmente com a saúde, que aumentam com o passar do tempo.
Leia mais no BRASIL ATUAL.

Direitos Humanos







O que aprendi na polêmica do PNDH

O jornalista Luiz Carlos Azenha escreve no Viomundo: Definiu um leitor do Nassif que "a montanha pariu um rato". Seria uma boa imagem se, depois de tantos litros de tinta, tantas páginas de jornal, tantos minutos em emissoras de rádio e televisão dedicados à polêmica do Plano Nacional de Direitos Humanos não extraíssemos absolutamente nada.

Não foi o caso. Podemos dizer que a polêmica pariu uma tremenda discussão sobre Direitos Humanos e renovou o ímpeto daqueles que lutam para aprofundar a democracia brasileira e fazer valer direitos não apenas aos latifundiários da terra e do espaço eletromagnético. Um leitor do Viomundo -- a quem peço perdão antecipado por não ter anotado o nome -- apontou o nexo entre esses dois grupos por trás da polêmica.

Não é por acaso que, do lado de lá, sustentando a teoria doidivanas de que o PNDH representa algum tipo de "cobertura" a um "golpe autoritário" no Brasil, estavam os editorialistas da Folha, do Estadão, as páginas da revista Veja, o Ali Kamel, o Boris Casoy apud Ives Gandra Martins, a Confederação Nacional da Agricultura (da Kátia Abreu), a OAB paulista (a mesma do "Cansei"), setores conservadores da Igreja, o José Nêumanne, o Alexandre Garcia e uma infinidade de outros personagens menores. (...)

* Para ler a íntegra do artigo do jornalista Luiz Carlos Azenha (Blog Viomundo) , Clique Aqui

Lula: "Nada hará que desvíe un milímetro a Brasil"

El presidente de Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, ha sacado pecho. Y ha salido al paso de la instrumentación que la oposición pueda hacer en un año electoral del error cometido con el Programa Nacional de Derechos Humanos. Ante las acusaciones de haber presentado un documento que contradice la línea moderada de sus siete años de Gobierno, por percibir en él tintes de la política bolivariana de Venezuela, el mandatario ha sido explícito: "Nada hará que yo pierda el sentido común y que desvíe un milímetro al país del camino en el que estamos hoy".

Leia mais no EL PAÍS.

Contra a impunidade dos crimes cometidos pela ditadura civil militar brasileira


Desde a Lei da Anistia, os familiares dos mortos e desaparecidos políticos da ditadura militar lutam na justiça ou em qualquer instância possível para terem o direito de saber o que aconteceu com seus entes e receberem seus restos mortais para enterrar e seguir em frente. Ao conversar com as representantes da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos, Suzana Lisbôa e Criméia Almeida, a impressão é de uma luta infinita, difícil e dolorosa e de escassos resultados. Coube aos familiares dos desaparecidos - com seu luto inacabado - contar, além da história dessas pessoas que morreram sob condições brutais lutando contra a ditadura, essa parte ainda desconhecida de nossa história. Até hoje, apenas quatro corpos foram encontrados dos 176 desaparecidos e os governos que sucederam os militares vêm ignorando sistematicamente todos os pedidos e determinações - Comitê de Direitos Humanos da ONU e OEA - para abrir os arquivos secretos da ditadura, e dar uma resposta concreta a essas


Vejam a entrevista com os parentes das vitimas em CMI-Centro de Mídia Independente

"Por favor nos ajudem, para que outros não têm que passar por isso"

As palavras de uma moça de 15 anos, forçada a se tornar uma soldado-criança, forçada a matar outra criança a tiro, recebeu treinamento militar durante um mês e depois foi enviada para a batalha contra as tropas do governo em Uganda. No entanto, os países que utilizam crianças como soldados incluem Israel, o Reino Unido e os E.U.A..
(...)
Enquanto triliões de dólares foram encontrados para salvar os bancos, enquanto um trilião de dólares foram gastos em guerras no Iraque e no Afeganistão, não há dinheiro suficiente para que a comunidade internacional lance programas de desenvolvimento para combater esse flagelo?



Vejam o texto completo em PRAVDA.RU

Os cafajestes não querem a Comissão de Verdade

Numa atitude cafajeste, alguns setores da sociedade brasileira apresentam a “proposta” de – ao se instituir uma Comissão de Verdade sobre a ditadura – investigar-se “os dois lados”.

Não faz o menor sentido.
É como se, ao fim do nazismo, alguém propusesse: “ok, vamos investigar os carrascos, mas é preciso levar ao banco dos réus também os judeus que resistiram ao legítimo regime nazista”.

Vejam o texto completo no blog ESCREVINHADOR

Quem tem medo da verdade?

Por Hildegard Angel, no Jornal do Brasil,via Conversa Afiada e Vi O Mundo

CHEGA UMA hora em que não aguento, tenho que falar. Já que quem deveria falar não fala, ou porque se cansou do combate ou porque acomodou-se em seus novos empregos…

POIS BEM: é impressionante o tiroteio de emails de gente da direita truculenta, aqueles que se pensava haviam arquivado os coturnos, que despertam como se fossem zumbis ressuscitados e vêm assombrar nosso cotidiano com elogios à ação sanguinária dos ditadores, os quais torturaram e mataram nos mais sórdidos porões deste país, com instrumentos de tortura terríveis, barbaridades medievais, e trucidaram nossos jovens idealistas, na grande maioria universitários da classe média, que se viram impedidos, pelos algozes, de prosseguir seus estudos nas escolas, onde a liberdade de pensamento não era permitida, que dirá a de expressão!…

E AGORA, com o fato distante, essas múmias do passado tentam distorcer os cenários e os personagens daquela época, repetindo a mesma ladainha de demonização dos jovens de esquerda, classificando-os de “terroristas”, quando na verdade eram eles que aterrorizavam, torturavam, detinham o canhão, o poder, e podiam nos calar, proibir, censurar, matar, esquartejar e jogar nossos corpos, de nossos filhos, pais, irmãos, no mar…


Vejam o texto completo em CONSCIÊNCIA.NET (além dos endereços citados na primeira linha)

Caso Battisti: líder da bancada de Berlusconi ameaça o Brasil

O estilo de vida de ontem se mantém na Itália de hoje. Tomara que a desonra acabe amanhã…

O senador italiano Maurizio Gasparri, líder da bancada governista, acaba de deitar falação à
Ansa, ameaçando: se o Brasil não extraditar o perseguido político Cesare Battisti, poderá haver “nefastas consequências” para o relacionamento entre os dois países.

Numa atitude de extremo desrespeito para com o primeiro mandatário da Nação brasileira, Gasparri tenta ganhar no grito do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, esquecendo-se, inclusive, de que não é ele o seu interlocutor protocolar, mas sim o presidente do Senado José Sarney.


Vejam mais em CONSCIÊNCIA.NET

Provocações italianas continuam sem resposta

Como acaba de observar Celso Lungaretti em seu post de hoje (13/01/2010), publicado em um de seus blogs (aqui), membros do governo italiano, passando por cima da etiqueta internacional, iniciaram um novo e inesperado ciclo de provocações com a ameaça de Gasparri contra Lula em relação com o caso Battisti.



Vejam mais em CONSCIÊNCIA.NET

"PORTUGAL ENFRENTA RISCO DE MORTE LENTA"

Diz a Moody's, agência de classificação de crédito, que "Portugal e Grécia enfrentam risco de morte lenta" . Depois da Islândia, eles estão assustados. Mas o susto deles não é com o destino dos povos português ou grego. O susto deles é um susto de credores: especuladores que querem recuperar o seu dinheiro. Mas a desmoralização das agências de classificação de crédito é mais do que muita. Elas não foram sequer capazes de prever o afundamento da Islândia, nem dos países bálticos e nem dos próprios Estados Unidos. Na realidade, a verdadeira morte lenta é a progressiva desindustrialização de Portugal, o encerramento de sectores inteiros da economia nacional, o desemprego crescente, a falta de perspectivas para a juventude, a ausência de política energética, os investimentos ruinosos – como o novo aeroporto – programados pelo governo do sr. Sócrates. Todo esse panorama sombrio foi preparado pelo PS & PPD, quando mancomunados destruíram o Sector Empresarial do Estado. Só com um novo programa de nacionalizações, a principiar pela banca privada, será possível escapar a isso.

Em RESISTIR.INFO

Brasil: Atue em defesa do Programa Nacional de Direitos Humanos

O ato será na quinta-feira (14),às 12h, na avenida Paulista nº 2163, em frente ao escritório de representação da Presidência da República, em São Paulo.

Ás 18h haverá um ato no Sindicato dos Jornalistas, na rua Rego Freitas, 530.

Movimento Nacional de Direitos Humanos.

NOTA PÚBLICA

PNDH 3 É AVANÇO NA LUTA POR DIREITOS HUMANOS

O Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH), rede que reúne cerca de 400 organizações de direitos humanos de todo o Brasil manifesta publicamente seu REPÚDIO às muitas inverdades e posições contrárias ao Programa Nacional de Direitos Humano (PNDH 3) e seu APOIO ao PNDH 3 lançado pelo governo federal no dia 21 de dezembro de 2009.

Vejam a íntegra do manifesto em KAOSENLARED.NET

A Democracia Socialista no centro do debate em Cuba

A mobilização da sociedade cubana é um esforço de parte da intelectualidade e de dirigentes políticos,pelo aprofundamento da democracia e do socialismo e maior participação popular nas decisões.

O que escondem as autoridades e dirigentes de empresas cubanas, empenhados em dificultar o trabalho de jornalistas e fotógrafos que tratam de oferecer informação pública à população? Como fazer do direito à informação uma realidade cotidiana em Cuba? Essas perguntas foram feitas em matéria de destaque publicada no jornal Granma, porta-voz do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, na edição de 23 de novembro de 2009. No texto, assinado pela jornalista Katia Siberia García e intitulado “Jornalismo com fobias”, são citados exemplos de autoridades que dificultam o acesso à informação por parte da imprensa. De acordo com Katia García, geralmente esses dirigentes exigem que o repórter mostre autorização escrita dos escalões superiores para aceitarem responder a seus questionamentos (2). Outro artigo, este de 29 de agosto de 2009, assinado pelo colunista do Juventud Rebelde, José Alejandro Rodríguez, denunciou a “obsessão doentia” de autoridades de diversos escalões em não fornecer informações negativas, para pretensamente cuidar da imagem do país, do ministério, da empresa ou da província. Todas se escudam em desculpas de que as críticas depreciam as conquistas da revolução. O jornalista, porém, atribui essa concepção a “oportunistas e indolentes”, argumentando que “as sociedades também necessitam de espelhos para se olhar e perceber suas rugas, que são reversíveis, ao contrário das que marcam os rostos humanos.”

Não deixem de ler o texto completo em KAOSENLARED.NET

Os carceres da CIA na Lituania evidenciam a imaturidade política do país

Vilna, 12 de janeiro, RIA Novosti.

A presidenta lituana, Dalia Grybauskaite, declarou hoje que a possibilidade de instalar carceres clandestinos da Agência Central de Inteligência (CIA) dos EEUU em territorio lituano evidencia a imaturidade política do pais.

" O fato não tem nada a ver com política pro-americana. É um assunto de violação de direitos humanos, da maturidade política dos novos membros da OTAN e da União Européia, de confiança entre nossos paises e da dignidade da Lituania," disse Grybauskaite em uma entrevista à Radio da Lituania.

Vejam mais em RIA NOVOSTI


Cuba continúa el tránsito de Windows a Linux

InSurGente.- Empresas cubanas comenzaron a utilizar una variante del sistema operativo de "software libre" Linux como alternativa a Windows, considerado en la isla como un instrumento de dominación tecnológica de su enemigo Estados Unidos.


Según el semanario Trabajadores, varias empresas del Estado adoptarían "Nova", la adaptación cubana de Linux. La publicación no dijo cuántas ni cuáles empresas lo aplicarían.


Vejam mais em inSurGente.org

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Do falso positivo à falsa absolvição

Liberados sem julgamento por "vencimento de prazo" um grupo de militares da Colômbia acusados de assassinar jovens que faziam passar por guerrilheiros

Cresce o escandalo na Colômbia. Já são 31 os miliares implicados nos chamados falsos positivos que tem recuperado a liberdade. Um major saiu em 30 de dezembro; mais 17 uniformizados, na semana passada; nesta terça-feira um juiz livrou de culpas a outros seis, e ainda nesta quarta ocorreu o mesmo com mais sete, entre eles um coronel.
(...)
Os falsos positivos são um caso anormal de violação de direitos humanos por parte do Exército colombiano. Recrutavam com falsas promessas de trabalho a homens de poucos recursos, alguns menores de idade, outros com incapacidades fisicas, e logo os assassinavam e os apresentavam como mortos em combate.


Vejam mais em EL PAIS.COM

Um agente da CIA que denunciou suas atividades terroristas - Há dois anos morria Philip Agee

Philip Agee, o ex-agente da CIA que teve o valor, em 1967, de abandonar uma agência que se caracterizava por seu apoio criminoso a ditaduras sanguinarias, contava que tomou essa decisão de maneira definitiva quando, estando em um restaurante no México, viu uma amiga cair em lágrimas ao saber da notícia da morte do Che.

Aqui está representada, em uma só imagem, toda a nobreza do personagem que faleceu aos 73 anos de idade, há 2 anos em 7 de janeiro, na Cidade de Havana de onde continuava denunciando as atividades terroristas e subversivas desenvolvidas pelos serviços de inteligência dos Estados Unidos contra governos e lideres progressistas do continente.

Vejam o texto completo em REBELIÓN.ORG

Lan houses de SC também terão que “fichar” clientes

A partir de 22 de janeiro, a exemplo do que já ocorre em outros locais, quem quiser ir a uma lan house em Santa Catarina também terá que confiar nos seus administradores, que não são – ou não deveriam ser – agentes nem concessionários públicos, para proteger sua privacidade pelos 2 anos em que estes serão obrigados a guardar seu número de identidade, telefone e endereço – dados para os quais, curiosamente, parece haver um mercado consumidor ávido.

Continua no BR-Linux.

Programa Nacional de Direitos Humanos 3 e as falsas polêmicas

O governo federal divulgou no dia 21 de dezembro o Programa Nacional de Direitos Humanos 3, que trata da universalidade dos direitos humanos no país. O PNDH-3 vem sendo atacado por diferentes setores e estes ataques são potencializados pela mídia tradicional, apesar de ter sido elaborado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos a partir dos debates realizados em 27 conferências estaduais e na conferência nacional sobre o tema, além das resoluções definidas em conferências de outras áreas como saúde, educação etc. realizadas em 2008.

Uma das principais polêmicas refere-se à proposição de instituição da Comissão Nacional da Verdade, que teria como atribuição o exame da violação dos direitos humanos no período da ditadura.


Vejam mais no PORTAL DA FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO

Comandante do Exército confirma morte de 11 militares no Haiti

Brasília - O comandante do Exército, Enzo Peri, disse há pouco que já estão confirmadas 11 mortos, oito desaparecidos e nove feridos. Ele destacou, porém, que esses números mudam a todo momento. Peri faz parte da a missão que embarca neste momento para o Haiti.

Segundo ele, dois dos feridos estão em estado grave e foram transferidos para a República Dominicana. O centro de comunicação do Exército divulgou os nomes dos 11 mortos, todos eles da Força de Paz da ONU (ver lista).

Vejam mais na AGÊNCIA BRASIL

Editorial II: AS CONTRADIÇÕES

Por Geraldo Elísio

"Quem é bom é livre, ainda que seja escravo. Quem é mau é escravo, ainda que seja livre." – Santo Agostinho

Encontrei um amigo que me honra com a leitura deste espaço. Ele me fez uma solicitação: “Na medida do possível narre alguns fatos interessantes sobre o golpe de 64 e que ainda não vieram a público.” Vamos lá.

Os delegados do temido Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) durante os anos de chumbo eram David Hazan e Thacyr Omar de Menezes Sai – que a esquerda gostava de gravar CIA – amigo de Dan Mitrione, justiçado no Uruguai pelos guerrilheiros Tupamaros. Hazan era mais ameno, enquanto “o Chinês” era um verdadeiro brutamonte.

Vejam o conteúdo integral desse editorial em NOVO JORNAL


Contratos secretos da Monsanto são revelados

Contratos confidenciais que detalham as práticas de negócios da Monsanto Co. revelam como a maior desenvolvedora de sementes do mundo está pressionando competidores, controlando companhias menores de sementes e protegendo seu domínio sobre o mercado multibilionário de sementes geneticamente modificadas.

Leia a íntegra AQUI.

Emissora comunitaria hondurenha saqueada e incendiada

Os golpistas pró-ianques de Honduras continuam reprimindo ao povo e tirando do ar as emissoras que os denunciam.


(Resumen Latinoamericano-Aporrea) -Tegucigalpa, enero 10 -
A emissora de radio comunitaria Faluma Bimetu( a "Radio Coco Dulce") foi saqueada e incendiada por uns desconhecidos na manhã de 6 de janeiro de 2010 em Triunfo de la Cruz, na região do litoral atlântico de Honduras. Criada pela comunidade afro-caribenha garifuna, a emissora estava exposta a represalias por haver denunciado uns projetos imobiliarios mas também por causa de sua oposição ao golpe de estado de 28 de junho passado.

Vejam mais em RESUMEN LATINOAMERICANO

Cuba: La bomba que pudo matarme

"Cuando escuché la noticia de que Cuba era incluida en una lista yanqui como país patrocinador de terroristas, me dije: “¡Esta es la más colosal mentira; la mayor infamia y calumnia que ha dicho el Gobierno de Estados Unidos contra Cuba, un pequeño país que ellos mismos han despreciado, ofendido, sitiado, amenazado, agredido, bloqueado y castigado desde 1959”.

Lo dice Giustino di Celmo, padre del joven italiano Fabio di Celmo, asesinado por un atentado terrorista promovido por la CIA en La Habana, hace 13 años.

(Na foto, Giustino Di Celmo, padre de Fabio el joven italiano asesinado por una bomba de la mafia miamense )


Vejam o texto completo em KAOSENLARED.NET

Fortes tremores no Haiti causam danos e vítimas

Um forte terremoto atingiu o Haiti nesta terça-feira, derrubando prédios, soterrando moradores e deixando muitos mortos e feridos na capital Porto Príncipe, disseram testemunhas na cidade.

O epicentro do tremor de magnitude 7,0 foi localizado dentro do território haitiano, a cerca de 16 quilômetros da capital, e teve profundidade de apenas 10 quilômetros. O terremoto foi seguido de outros dois tremores fortes, de magnitudes iniciais de 5,9 e 5,5.

O sismo provocou a emissão de um alerta de tsunami para partes do Caribe, incluindo Haiti, República Dominicana, Cuba e Bahamas, informou o Centro de Alerta para Tsunamis no Pacífico.

Moradores em pânico tentavam desesperadamente resgatar pessoas sob os escombros ou buscavam por parentes desaparecidos.

Continua na Reuters.


terça-feira, 12 de janeiro de 2010

O debate da desinformação

Definitivamente, não é pela imprensa que o cidadão brasileiro será informado sobre o verdadeiro significado do Programa Nacional de Direitos Humanos, ponto central da polêmica que inaugura este ano eleitoral.

Até esta data, passadas mais de duas semanas da divulgação do texto do decreto, cujos detalhes já vem sendo discutidos publicamente há anos, os jornais e revistas ainda não fizeram mais do que reproduzir declarações – na maior parte de personalidades contrárias às principais propostas.

Continua no Observatório da Imprensa.


Reinaldo Azevedo, SM&B style

Ah, entendi. Porra, meu, lá no Chile e na Argentina a repressão matou muito mais gente do que aqui. Isso faz com que o IRM _ Índice de Repressão Média(*) _ seja baixíssimo no Brasil.

E a tortura então? Nosso Índice de Tortura, Violência Gratuita e Estupro Básico Médio (ITVGEBM)(*) é super baixo perto do vigente nos nossos hermanos do Cone Sul.

Inclusive, o nosso IOMPA _ Índice de Ocupação Médio de Pau de Arara(*) _ também é muito menor do que o de lá.

Isso significa que nosso IMBM _ Índice Médio de Brutalidade Militar(*) _ seja, igualmente, um numeruzinho bem mais pequenininho.

Tenho certeza de que se Tio Rei um dia tivesse tido o prazer de frequentar algum dos calabouços do DOI-CODI, e ainda por cima tivesse sido escolhido pelos deuses para ter a sorte de receber o tratamento completo que aquelas instalações permitiam oferecer aos seus convidados, se sentiria hoje extremamente gratificado por saber que todos os choques, cacetadas, curras, socos e pontapés que recebeu na prisão foram, afinal, apenas um “ponto fora da curva”.

O "post" completo n'O Hermenauta.

A Comissão da Verdade e a Crise com os Militares

As Forças Armadas incorrem muitas vezes na mesma dupla moral, calando-se diante do terrorismo de direita (os atentados ao Riocentro, à OAB) e mostrando conivência, quando não apoio, à tortura e às prisões ilegais cometidas pela ditadura. O corporativismo intenso que prevalece entre os militares os impediu de reavaliar o período autoritário à luz dos novos valores democráticos da sociedade brasileira, criando um fosso perigoso entre a cúpula das Forças Armadas e a elite civil, que é péssimo para a formulação das políticas públicas e pouco salutar para o Estado de Direito. A recusa em aceitar uma Comissão da Verdade sobre a ditadura, mais de 20 anos após seu término, é sintoma dessa incapacidade em acompanhar a evolução da opinião pública brasileira.

O "post" completo no blog Todos os Fogos o Fogo.

Quem tem medo da verdade?

E AGORA, com o fato distante, essas múmias do passado tentam distorcer os cenários e os personagens daquela época, repetindo a mesma ladainha de demonização dos jovens de esquerda, classificando-os de “terroristas”, quando na verdade eram eles que aterrorizavam, torturavam, detinham o canhão, o poder, e podiam nos calar, proibir, censurar, matar, esquartejar e jogar nossos corpos, de nossos filhos, pais, irmãos, no mar... E MENTIAM, mentiam, mentiam, não revelando às mães sofredoras o paradeiro de seus filhos ou ao menos de seus corpos.

Confira o texto completo de Hildegard Angel, no JB Online. Via Conversa Afiada.

Artista reproduz última refeição de prisioneiros no corredor da morte



As últimas refeições pedidas por prisioneiros no corredor da morte nos Estados Unidos viraram tema do trabalho do artista britânico James Reynolds, de 23 anos.

Depois de muito pesquisar sobre o assunto, ele recriou e fotografou os mais inusitados cardápios requisitados pelos condenados, criando a série Últimas Ceias.

Confira as demais últimas refeições na BBC Brasil.

E o Google News não mostra mais os conteúdos da Associated Press

Desde o final de dezembro, novos artigos da agência de notícias Associated Press nao aparecem mais no Google News. A informaçao foi confirmada pelo Google - anunciou em um comunicado que, apesar de parte do conteúdo da AP ainda estar disponível hoje, o site nao está mais agregando suas novas matérias. As 2 empresas tinham um acordo desde 2007, que termina no final desse mês. Ainda nao está claro se o movimento indica um possível fracasso na renovaçao do contrato de licenciamento.

Visto no BlueBus.

Invasão do Iraque em 2003 foi ilegítima, afirma relatório holandês

A invasão do Iraque pelos Estados Unidos em março de 2003 foi ilegítima no que diz respeito ao direito internacional, segundo o presidente de uma comissão investigadora independente holandesa, cujas conclusões foram apresentadas neseta terça-feira em Haia.

"A legitimidade não era suficiente para que a Holanda apoiasse a invasão", declarou o presidente da comissão investigadora, Willibrord Davids, falando à imprensa.

Mais no UOL Notícias.

Honduras - O direito como ferramenta de dominação

Após mais de 6 meses, segue vigente uma discussão radicalizada sobre os eventos de 28 de junho em Honduras. Muita gente busca explicação e justificação do golpe na mesma Constituição da República. De repente surge um espírito "legalista" para invocar a ley como justificação para a comissão de terríveis crimes, e, pior ainda, retirar do povo o direito de decidir sua própria história.

Não há nada mais adequado para os golpistas que tomar a Constituição atual para argumentar neste sentido. E ainda que exista em tal documento algum poder que faculte ao Congresso Nacional, a Corte Suprema de Justiça, Promotoria Geral ou Procuradoria, tem sido feito um uso pueril dos artigos "pétreos" como razão para derrubar o presidente legítimo do país.


Vejam o texto completo em REBELION.ORG

EUA já têm 13 bases militares em torno da Venezuela

Ignacio Ramonet


A chegada de Hugo Chávez ao poder, na Venezuela, em 2 de fevereiro de 1999, coincidiu com um acontecimento militar traumático para os Estados Unidos: o fechamento de sua principal instalação militar na região, a base Howard, situada no Panamá (fechada em virtude dos Tratados Torrijos-Carter, de 1977).

Em troca, o Pentágono escolheu quatro localidades para controlar a região: Manta, no Equador; Comalapa, em El Salvador, e as ilhas de Aruba e Curazao (de soberania holandesa). A suas – por assim dizer –“tradicionais” missões de espionagem, acrescentou novas atribuições oficiais a estas bases (vigiar o narcotráfico e combater a imigração clandestina para os EUA) e outras tarefas encobertas: lutar contra os insurgentes colombianos; controlar os fluxos de petróleo e minerais, os recursos de água doce e a biodiversidade. Mas, desde o início, seus principais objetivos foram vigiar a Venezuela e desestabilizar a Revolução Bolivariana.

Vejam o texto completo em CARTA MAIOR

2010: afinal, o que estará em disputa?

Há uma análise recorrente que procura convencer a todos que não há diferenças significativas entre os possíveis candidatos à presidência em 2010. Ciro Gomes, José Serra e Dilma Roussef teriam perfil idêntico. Todos teriam um histórico de esquerda, seriam executivos, ativos no campo administrativo, mas neófitos no campo da política, diferentemente de FHC e Lula, animais políticos.

A diferença estaria em Marina Silva, com perfil ético e ambiental, mas sem condições de debater os temas que terão mais força na campanha eleitoral, como o desenvolvimento econômico e social, o papel do Estado como indutor desse desenvolvimento e a integração física da América do Sul. Em vista disso, a agenda posta para a campanha seria aquela determinada pelo grupelho que monopoliza a economia do país, constituído pelo agronegócio, sistema financeiro e grande indústria.

Vejam o texto completo em CORREIO DA CIDADANIA


O ódio de classes como mística

O ódio de classes como mística de luta sempre foi inaceitável para os cristãos. Recordo-me dessa questão posta por Frei Betto a Fidel Castro em seu livro "Fidel e a Religião". Não me recordo exatamente as observações de Fidel, apenas que não punha esse princípio como um dogma marxista.

Mas eu não falo do ódio das classes subalternas. Aliás, por mais sórdido que seja, sempre me recordo de Millôr Fernandes, quando ironizando a organização dos pobres: dizia em outras palavras que eles "nutrem um profunda admiração por seus patrões". Vi ao longo desses anos que os subalternos brasileiros – salvo os movimentos organizados - são levados mais por esse sentimento do que pelo ódio aos dominantes. Nunca me esqueço uma vez, no porto de Remanso, São Francisco, um visitante querendo uns peixes que eu pescara, que afirmava de modo contínuo: "sou motorista da família Ermírio de Morais". O ufanismo dele não era por ser motorista, mas por trabalhar na família do empresário.

Vejam o texto completo em CORREIO DA CIDADANIA

Cientista nuclear morre no Irã, ministério acusa EUA e Israel

Por Fredrik Dahl

TEERÃ (Reuters) - Uma bomba acionada por controle remoto matou um cientista nuclear na terça-feira na Universidade de Teerã, e o Ministério do Exterior iraniano disse que há indícios de envolvimento dos EUA e de Israel no ataque, segundo a imprensa estatal.

¿Otra vez elecciones en Cuba?

Para algunos en el mundo debe haberles sonado algo raro el anuncio del Consejo de Estado de la República de Cuba sobre que el domingo 25 de abril se efectuarán las elecciones para delegados a las 169 Asambleas Municipales del Poder Popular.

Eso es perfectamente comprensible, pues uno de los componentes principales de la guerra mediática contra la Revolución cubana ha sido negar, escamotear o silenciar la realización de elecciones democráticas: las parciales, cada dos años y medio, para elegir a delegados (concejales), y las generales, cada cinco, para elegir a los diputados nacionales e integrantes de las asambleas provinciales.

(...)

El Registro Electoral es automático, universal, gratuito y público. Al nacer un cubano no sólo tiene derecho a recibir educación y salud gratuitamente, sino que cuando arriba a los 16 años de edad automáticamente se le inscribe en el Registro Electoral. Por razones de sexo, religión, raza o filosofía política a nadie se le excluye. Tampoco si pertenece a los cuerpos de defensa y seguridad del país. A nadie se le cobra un solo centavo por aparecer inscripto, y mucho menos se le somete a engorrosos trámites burocráticos como exigirles fotos, sellos del timbre o la toma de huellas dactilares. El Registro es público, se expone en lugares de masiva afluencia del pueblo en cada circunscripción..

Vejam o texto completo em REBELION.ORG


1964 IPES/IBAD/OPS-Brasil. Quem tem medo da verdade?

Querem repetir 1964. Tentam instigar as Forças Armadas no intuito da reconquista do governo e manutenção do Poder econômico internacional
(...)

Em qualquer País do mundo espera-se que o ministro da Defesa, encarregado de administrar e conciliar os interesses das Forças Armadas, seja responsável e tenha compostura.

Porém, infelizmente, acostumado com a impunidade diante de suas diversas práticas criminosas, nosso Ministro da Defesa resolveu fazer mais esta. Seria oportuno que o leitor acessasse o link "Anatomia de Uma Fraude a Constituição", disponibilizado por Novojornal em sua primeira página, para inteirar-se de "a quem" Nelson Jobim estava a serviço quando fraudou a Constituição do Brasil. Após, poderá imaginar a serviço "de quem" está agora.

(...)

Após uma longa e difícil pesquisa, necessária porque embora sabendo não tínhamos documentos que provassem ser os financiadores da Revolução de 64 os mesmos que atualmente financiam o PSDB.

Conseguimos este documento, conforme Balanço Contábil do PSDB, em 2008. Apenas para o Diretório Nacional foram doados por estes "financiadores", quase R$ 100 milhões, sem dizer as doações diretas feitas aos diretórios municipais e estaduais e aos próprios candidatos.


Vejam o texto completo em NOVOJORNAL

Editorial: O UOL fechou o conteúdo de imprensa internacional

O UOL – Universo Online resolveu fechar novamente o acesso à parte de seu conteúdo relacionado à reprodução de conteúdo de jornais e revistas estrangeiros.

Uma pena.

Muitas vezes citamos aqui o conteúdo do The New York Times, do Le Monde, ou do El País. Isso tinha o efeito didático de mostrar como os conteúdos de nossa chamada grande mídia é, como diria o Paulo Henrique Amorim, conservadora e de baixa qualidade técnica.

Além disso era por meio destes veículos que algumas vezes tínhamos noção de violações de direitos humanos que nenhum grande veículo do Brasil noticiava. Podemos aí incluir o golpe de estado e a repressão em Guiné-Conacri, o assassinato de uma ativista de direitos humanos na Tchetchênia, os conflitos no Sudão (sul-norte, Darfur), ou o estado de sítio que acredito que ainda permaneça no Sri Lanka.

Conteúdo fechado significa que não mais citaremos aqui, e que ficará mais difícil denunciar estes massacres e violências.

Uma pena.


Direitos Humanos: Quem vai capitular ou virar Pilatos?

O conflito ficou escancarado entre os ministros Nelson Jobim (Defesa) e Paulo Vannuchi (Direitos Humanos). Isto em face do decreto presidencial sancionador do 3º Plano Nacional de Direitos Humanos.

O tema domina a mídia e os ministros contendores ganharam apoios, como a exibir músculos fortes para impressionar o presidente Lula. Fora o fato de temas do referido Plano, distantes da questão central que é a Anistia, estarem sendo usados para fim diversionista, pelos opositores.

Confira no Terra Magazine.


T Pyxidis: Fato ou Ficção?

Quando a ciência moderna se torna uma vítima da mídia sensacionalista ansiosa para manter a adrenalina a fluir para manter seus leitores e espectadores numa montanha-russa de suspiros e espasmos ... A história de hoje é a destruição iminente da Terra de uma explosão de uma supernova. Mas será mesmo o T Pyxidis assim tão perigoso?
Sky News começou quinta-feira com uma história de terror para seguir a história meteorológica. Afinal, poucos centímetros de neve não é o fim do mundo. O que seria da Rússia se chegasse a um impasse cada inverno?



Vejam o texto completo em PRAVDA.RU

Protestos fortalecem a luta pela Comissão da Verdade

As reações do ministro da Defesa, Nelson Jobim, e de grupos militares às propostas de apuração de violações de direitos humanos ocorridas na ditadura reavivaram as polêmicas em torno do assunto. Está prevista para esta semana uma manifestação conjunta de movimentos de direitos humanos e de outros setores organizados da sociedade civil em defesa da Comissão da Verdade — proposta no Programa Nacional de Direitos Humanos, lançado há três semanas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Paralelamente às costuras para essa ação conjunta, foi intensificada a coleta de assinaturas eletrônicas para o Manifesto Contra a Anistia aos Torturadores. Lançado na segunda semana de dezembro, no site da Associação dos Juízes para a Democracia, o manifesto contava, na sexta-feira à noite, com mais de 11 mil assinaturas. Um número surpreendente, na avaliação do presidente da entidade, Luis Fernando Vidal.

Vejam mais no PORTAL VERMELHO

Vejam o manifesto aqui.

Corte Suprema hondurenha aceita denúncia contra militares golpistas

O presidente da Corte Suprema de Honduras, Jorge Alberto Rivera, acolheu nesta segunda-feira a acusação do Ministério Público contra seis chefes militares por abuso de autoridade e expatriação ilegal do presidente Manuel Zelaya, informou o chefe do departamento jurídico do Exército, Juan Carlos Sánchez.

Os seis comandantes, entre eles o general Romeo Vásquez, do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, deverão prestar depoimento à justiça sobre os fatos ocorridos no dia do golpe de Estado, disse.

Notícia da AFP, no UOL.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Blog NokiaBR fecha as portas após notificação extra-judicial



A diferença é que aqui paramos voluntariamente, e só por hoje; esta é a última notícia de hoje aqui no BR-Linux – fecho a edição mais cedo em solidariedade ao vizinho blogueiro, após ler a notícia da “notificação extrajudicial” que os advogados que cuidam da marca Nokia enviaram ao (ex-?)blog NokiaBR e que, segundo o autor, exigia, entre outras coisas, que fosse cancelado imediatamente o domínio do blog – isso tudo apesar de a Nokia (que também tem iniciativas open source e comunitárias bem interessantes) ter conhecimento “desde sempre” do blog, de ter enviado aparelhos para testes dele, etc., e tudo isso dentro do direito da detentora, como destaco no alerta do parágrafo final deste post.

A notícia completa no BR-Linux. A imagem também foi copiada de lá, e informa que a origem é o Mother Jones.com .

A discussão sobre a anista (2)

Estou impressionado com a quantidade de pessoas, aparentemente bem informadas, que assumiram a visão de que se for necessário investigar os crimes de tortura, também será preciso investigar os crimes cometidos pelas organizações armadas.

É um argumento conhecidos: se vamos voltar ao passado, é preciso fazer investigação sobre as duas partes.

Essa visão salomônica ignora um fato elementar: um dos lados já foi investigado e punido. O outro, não.

As organizações que faziam oposição ao regime militar foram dizimadas pela polícia política do regime. A maioria acabou dissolvida à força.

Aqueles militantes que não foram executados nem levados ao exílio responderam a processo na Justiça e boa parte cumpriu pena de prisão.

Texto completo no blog do Luís Nassif. O texto é de Paulo Moreira Leite.

Os clones brasileiros na agricultura

Já faz algum tempo que os clones caminham incógnitos pelos rebanhos bovinos brasileiros. Cerca de 70 animais foram clonados comercialmente no País nos últimos anos, segundo fontes do setor, mas nenhum deles tinha registro genealógico – o equivalente a uma carteira de identidade ou CPF – até agora.

Os primeiros registros só foram dados no ano passado, após um longo processo de negociação das associações de criadores com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Confira o texto completo no blog do Luís Nassif.

O nó do 3o. PNDH e o papel de Jobim

O documento é taxativo em defender a não revogação da Lei da Anistia. Mas o histórico apresentado no capítulo mostra, na prática, a tese da imprescritibilidade das ações de tortura sendo gradativamente aceita pelos tribunais.

Para essas ações prosperarem, há a necessidade de informações que estão justamente nos arquivos ainda secretos. Juntando no mesmo capítulo o histórico sobre as ações judiciais contra a tortura e a abertura dos arquivos, fica a suspeita de que um dos subprodutos da abertura dos arquivos será municiar a Justiça nas ações contra os torturadores.

Juntando ovos, leite e queijo, faz-se uma omelete.(...)

"Post" completo no blog do Luís Nassif.

Por uma Comissão da Mentira!

Quem quer saber disso? O que interessa para a população saber que os principais jornais e TVs do país apoiaram a ditadura militar? Puro revanchismo! Foram coniventes com a censura, com prisões ilegais, tortura e desaparecimento de prisioneiros políticos? Revanchismo inaceitável!!! Casos de tortura? Não se preocupem! A Comissão da Mentira se encarregaria de não “recriar uma zona de turbulência já superada pela sociedade brasileira”, como disse o editorial de O Globo.

Há um candidato certo para presidir tal comissão: o incansável ministro da Defesa, Nelson Jobim. Ele se encarregaria de trazer para o caminho da mentira aqueles que estão perdidos em busca da verdade, esta coisa desagradável e incômoda. Figuras como o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, para quem “o Brasil não pode se acovardar e querer esconder a verdade”. O presidente da OAB acredita ainda que “anistia não é amnésia”. Pois bem, a Comissão da Mentira resolveria essas angústias, transformando anistia em amnésia, verdade em covardia e qualquer outra transmutação que seja necessária para livrar o pobre povo brasileiro de zonas de turbulência, como nos alertou O Globo.

O texto completo no RS Urgente.

Israel construirá muro para barrar ilegais na fronteira com Egito

O governo de Israel aprovou planos para construir uma barreira em dois pontos ao longo da fronteira do país com o Egito, em uma tentativa de impedir a entrada de imigrantes ilegais e militantes.

Ao anunciar o projeto, o primeiro-ministro israelense, Biniyamin Netanyahu, disse que a construção vai bloquear as principais rotas de infiltração ao longo dos 266 km de fronteira - a cidade de Eilat, no Mar Vermelho, e as proximidades da Faixa de Gaza.

Confira na BBC Brasil.


domingo, 10 de janeiro de 2010

Artigo


Sobre a anistia e a Comissão da Verdade

Irrevogável não é a lei de anistia. Irrevogáveis são os direitos e garantias individuais referidos na Constituição Federal (arts. 5º, 60, parágrafo 4º. inc. IV), justamente os que mais que sofreram sob a ditadura, muitos dos quais até hoje carentes de reparação. O terrorismo de Estado não pode ser igualado à luta que se empreendeu contra ele, de resto, quase toda ela, punida sem defesa, na época em que se verificou, coisa que não ocorreu com os responsáveis pela truculência oficial. O artigo é de Jacques Távora Alfonsin (foto), publicado pela Agência Carta Maior.

*Leia artigo completo clicando Aqui

Vitórias da Confecom e próximos passos

Até os mais pessimistas ficaram surpresos com os resultados positivos da Conferência Nacional de Comunicação, ocorrida em Brasília de 14 a 17 de dezembro. Com garra, firmeza de princípios e extrema habilidade, os setores sociais que há muito lutam contra a ditadura midiática instalada no país emplacaram inúmeras vitórias. O processo em si já tinha sido surpreendente, envolvendo quase 30 mil pessoas em suas etapas preparatórias – a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) estima em cerca de 60 mil participantes –, num esforço pedagógico sem precedentes na história.

No blog do Altamiro Borges.

Chomsky e as estratégias de manipulação

O lingüista estadunidense Noam Chomsky, que se define politicamente como “companheiro de viagem” da tradição anarquista, é considerado um dos maiores intelectuais da atualidade. Entre outros estudos, ele elaborou excelentes livros e textos sobre o papel dos meios de comunicação no sistema capitalista. É dele a clássica frase de que “a propaganda representa para a democracia aquilo que o cassetete significa para o estado totalitário”. No didático artigo abaixo, Chomsky lista as “10 estratégias de manipulação” das elites. Vale a penar ler e reler.

No blog do Altamiro Borges.

Resistência Hondurenha emite seu 44° comunicado

COMUNICADO No. 44

El Frente Nacional de Resistencia Popular comunica:

1. La Resistencia hondureña inicia el año 2010 en pie de lucha contra la dictadura, rechazando las maniobras que la oligarquía realiza para lavarse la cara a través de un falso proceso de transición de poder de Micheletti hacia Lobo, que dejará intacto el sistema de dominio del Estado por parte de una minoría privilegiada de grandes empresarios corruptos, empresas transnacionales y militares y policías represores.

Continue em Rodonomundo.

Serra e mais um vexame oculto da mídia

Bem, então por que o "vexame oculto" do título? E o que o governador José Serra (PSDB) tem a ver com isto? Pois Serra tem tudo a ver e basta o leitor lembrar do tratamento dispensado ao tal "caos aéreo" de 2009 para entender como os jornalões e portais estão protegendo o governador. Sim, porque o caos nas rodovias paulistas que ligam o litoral norte à capital é uma prova viva da completa incompetência do governo tucano. Era tudo tão previsível que causa espanto ninguém ter pensado em uma operação especial para a volta dos turistas. Este blogueiro já viu trânsito muito ruim mundo afora, mas nunca viu a ausência do poder público de tal monta como no litoral norte de São Paulo. Quando muito, um ou outro carro da polícia rodoviária tentava, sem sucesso, evitar que os automóveis circulassem pelo acostamento.

O texto completo no blog Entrelinhas.