sexta-feira, 8 de maio de 2015

Guerra destruiu figura do "homem herói" e consagrou mulher no trabalho

Elas não podiam andar por aí desacompanhadas, não podiam trabalhar se fossem casadas, mal estudavam e passavam boa parte da vida em casa, cozinhando e cuidando dos filhos. Isso não faz muito tempo e é difícil imaginar que assim viviam as mulheres ocidentais no início do século passado: carreira, dinheiro e poder eram exclusividade masculina. O homem sustentava uma imagem de "herói" onipotente, mas dois eventos devastadores, as Guerras Mundiais, fizeram ruir este modelo.

Tão impressionantes quanto o número de vidas perdidas e os horrores que a Primeira (1914-1918) e a Segunda Guerra (1939-1945) produziram são as mudanças de comportamento irreversíveis que elas provocaram nas décadas seguintes.

Se os homens foram convocados a defender suas pátrias nos campos de batalha, caiu sobre as mulheres a obrigação de ocupar o "vazio" que eles deixaram para trás.


Confira no UOL Notícias

Um comentário:

zealfredo disse...

Mulheres ao trabalho...