quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Uma sugestão de pauta para a equipe da Globo presa com “cocaína falsa”: o Helicoca

Só fica mais abstrusa a presepada da afiliada da Globo que tentou produzir uma “reportagem” sobre a fragilidade do combate ao tráfico de drogas na fronteira com a Bolívia.
O episódio acaba expondo o que é rotulado de “jornalismo investigativo” na televisão. O repórter Alex Barbosa foi detido no último dia 12 com outros três membros de sua equipe com 240 quilos de gesso em dois carros.
A ideia genial era passear com a “falsa cocaína” de um lado para o outro dos dois países para provar como a fiscalização não serve para nada.
Deu ruim. (...)
Deixo aqui uma sugestão de pauta sobre drogas no Brasil: o Helicoca. Trata-se do apelido carinhoso que um juiz deu para o caso de apreensão de um helicóptero com meia tonelada de pasta base de cocaína no Espírito Santo.
Rende uma matéria incrível: a aeronave pertence à família de um político mineiro envolvido em diversos escândalos, Zezé Perrella. Ele vem a ser amigo do peito do senador Aécio Neves. Ambos são cruzeirenses fanáticos, veja só.

Confira o texto completo no Diário do Centro do Mundo

Um comentário:

zealfredo disse...

Sugestão de pauta para a Globo: o "helicoca".