terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Frank Miller é misógino e homofóbico, diz quadrinista Alan Moore

O quadrinista Alan Moore ("V de Vingança", "Watchmen" ) condenou seu companheiro de profissão Frank Miller, chamando-o de misógino, homofóbico e "completamente equivocado", após Miller criticar o movimento Ocupe Wall Street.
Em entrevista à publicação independente britânica "Honest Publishing", Moore disse que ele e o autor de "300" e "Sin City" têm visões completamente diferentes sobre algumas coisas, mas, acima de tudo, sobre o movimento.
Moore também elogiou os protestos dizendo que todos aconteceram de forma "muito inteligente e nada violenta, provavelmente a razão pela qual Frank Miller não gostou deles".
O quadrinista disse ainda que "se houvesse um monte sociopatas com máscaras do Batman na cara, Miller teria sido favorável".


Leia mais na Folha.com