quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A crise da esquerda e a mula sem cabeça

O Fórum Social Temático 2012 se ocupa, “apenas”, de dois temas: a crise do capitalismo e a destruição do planeta. Sob o pretexto de preparar a Rio + 20, muitos que aqui estão parecem comprometidos com uma crítica radical do que chamam de “capitalismo verde” ou “econeoliberalismo”. Nessa crítica, além dos balanços e das lutas contra barragens, sobressai a atualidade do embate político e teórico entre Reforma e Revolução. O economista da Unicamp e Facamp, Luiz Gonzaga Belluzzo, disse quarta-feira, numa entrevista coletiva na Carta Maior, que esta dicotomia deveria ser revisitada (no seu caso, em defesa de um reformismo radical). 

Mais do que um debate sobre a organização dos trabalhadores frente à história, no entanto, Belluzo propõe a retomada do enfrentamento de dois dos aspectos mais fundamentais analisados por Marx: a importância histórica do mercado e o privilégio do presente.




Leia mais na Agência Carta Maior.




A Agência Carta Maior está realizando ampla cobertura do Fórum Social Temático, em Porto Alegre e cidades da região metropolitana.

Um comentário:

zealfredo disse...

A Agência Carta Maior está realizando ampla cobertura do Fórum Social Temático, em Porto Alegre e cidades da região metropolitana.