terça-feira, 17 de julho de 2012

Greve de federais completa dois meses com impasse entre governo e professores

A greve de professores das instituições federais de ensino superior completa nesta terça-feira (17) dois meses, com governo e docentes em um impasse: os ministérios do Planejamento e da Educação apresentaram uma proposta de reajuste salarial; já o principal sindicato que representa a categoria, o Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), diz que ela não atende às demandas da categoria e pede sua rejeição.
A paralisação atinge 58 das 59 federais -a única que não aderiu foi a UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

Mais no UOL Notícias

2 comentários:

Anônimo disse...

A culpa é do FHC e da Yeda!

zealfredo disse...

Olha este Anônimo novamente dando o ar da graça, e fazendo seu comentário criativo...