domingo, 27 de outubro de 2013

EUA espionaram Merkel por mais de dez anos, diz revista

Os Estados Unidos espionaram o celular da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, por mais de dez anos, segundo informou neste sábado (26/10) a revista alemã Der Spiegel. De acordo com a publicação, o presidente Barack Obama disse a Merkel que teria parado a prática se soubesse o que estava acontecendo.

Der Spiegel, cuja edição será publicada amanhã (27), revela que espionar Merkel já aparece na lista de “coleta especial” da NSA (Agência de Segurança Nacional, na sigla em inglês) em documentos de 2002, três anos antes de ela ser eleita chanceler. A ordem de vigilância à líder alemã seguia em vigência poucas semanas antes da visita de Obama a Berlim, em junho.


Leia mais no Opera Mundi

2 comentários:

Anônimo disse...

Que coisa!!
Lavagem cerebral no tal enem!
Questões apresentaram temas retrógrados e desnecessários, todos relacionados com a visão comunista. Coisas tipo " os burgueses que exploram o pobre", "os comunistas que lutaram pela pátria na Espanha". Em outra questão, a resposta era a seguinte: "Todo mundo é legal, menos os EUA". E você é obrigado a marcar isso. Fora os textos de Marx e Engels. É inadmissível que isso ocorra em 2013.

zealfredo disse...

O senhor anônimo deveria encaminhar suas queixas ao Ministério da Educação.