quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Réu no mensalão mineiro, tucano Azeredo renuncia ao mandato

O deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG), réu no processo do chamado mensalão mineiro, renunciou ao seu seu mandato nesta quarta-feira (19).
Uma carta de renúncia foi entregue pelo advogado Renato Penido Azeredo, o primogênito do tucano, ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), por volta do meio-dia.

Confira no UOL Notícias

3 comentários:

zealfredo disse...

Atenção, anônimo, que gosta de dizer por aqui que "a culpa é do FHC e da Yeda": talvez neste caso seja mesmo!

Paulo Renato disse...

Mas que HUMILHAÇÃO para a PRESIDENTE DILMA, passando escondida pelo Rio Grande, inaugurando as obras do BEIRA-RIO com os portões fechados, sem contato com o povo, apenas autografando os uniformes dos bonecos da ANDRADE GUTIERREZ.
As "PESQUISAS DE OPINIÃO" recentes a colocam como favorita para as eleições de OUTUBRO, mas o que se vê é bem outra coisa, DILMA É O MAIOR ALVO DE OVOS PODRES DO BRASIL DE HOJE.

Anônimo disse...

A culpa é da Yeda,FHC e dos Militares e está dito.Quem mandou a Yeda perder a eleição para o Atraso Genro?Quem mandou o FHC perder para o Lula?E quem mandou os Militares entregarem o país para tudo isso que aí está?Chorar é na cama que é lugar quente,no Governo é lugar de Administradores competentes e honestos.