quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O FBI finalizou o desenvolvimento de um imenso sistema de reconhecimento facial

O programa Next Generation Identification (NGI) vai registrar todos os rostos, e fará referência a eles em seu banco de dados crescente em caso de um crime. Não são apenas rostos, no entanto. Graças a um banco de dados compartilhado chamado Interstate Photo System (IPS), até tatuagens e cicatrizes de pessoas serão consideradas para fazer identificação. O FBI estima que o NGI vai incluir até 52 milhões de faces no ano que vem, coletando faces identificadas em fotos de rosto e até de quem se candidatou a vaga de emprego. Qualquer pessoa que se candidata a um emprego que exige impressão digital, por exemplo, entrará no banco de dados do governo norte-americano.

Confira no Gizmodo Brasil

Um comentário:

zealfredo disse...

"The Big Brother is watching you..."