segunda-feira, 27 de julho de 2015

Governo e justiça da Bahia se rendem à PM


Jornal GGN
 - Nove policiais da Bahia foram absolvidos da morte de 12 jovens, ocorrida em fevereiro deste ano, no bairro da Cabula, em Salvador. Os rapazes foram assassinados poucos dias antes do Carnaval, e a polícia afirma que eles eram suspeitos de planejar um ataque a um caixa eletrônico. Outros seis suspeitos foram feridos. Todos os mortos eram negros e somente dois deles tinham passagem pela polícia. Os PMs alegaram legítima defesa e as mortes foram classificados como “autos de resistência”. 
 



Leia mais no Jornal GGN

Um comentário:

zealfredo disse...

"Auto de resistência". Bahia.