sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O paulistano malha as ciclovias, mas curte a falta de planejamento do metrô

A cada dia fico mais surpreso com o comportamento dos paulistanos. Quer dizer então que para uma trilha urbana simples como uma ciclovia exigem planejamento digno de alemães, precisão milimétrica suíça, organização japonesa. Do contrário fazem uma grita gigante, escandalizam-se, protestam, batem panelas.
Para uma obra complexa e milionária como o metrô não? Não precisa nada disso?
O Tribunal de Contas da União afirmou em relatório pós auditoria que a linha 17-ouro não possuia planejamento e nem mesmo orçamento (!) quando foi aberta a licitação.
Foram metendo a picareta no asfalto e vamos nós. Na maior cidade do país, a mais populosa, com todos os problemas inerentes às megalópoles, tão necessitada de soluções para o transporte público não havia planejamento para um serviço primordial como o metrô.

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo

Um comentário:

zealfredo disse...

A indignação seletiva do paulistano...