segunda-feira, 11 de junho de 2012

Televisa recebeu dinheiro público para manipular eleições mexicanas, diz jornal

A Televisa, maior rede de televisão do México, é acusada de ter recebido dinheiro público em troca de uma cobertura ampla e favorável ao candidato à Presidência Enrique Peña Nieto, do PRI (Partido Revolucionário Institucional) em seus programas jornalísticos e de entretenimento, enquanto este era governador do Estado do México e já preparava sua atual estratégia eleitoral.

Além disso, a rede de TV é acusada de ter promovido, na eleição presidencial passada, em 2006, uma campanha com o objetivo de prejudicar a imagem de Andrés Manuel Lopez Obrador, do PRD (Partido da Revolução Democrática), principal rival de Peña Nieto e derrotado na ocasião por apenas 0,68% dos votos a menos do que Felipe Calderón.


A informaçãodiz é do jornal britânico The Guardian, que afirmou ter recebido cópias de uma série de documentos de um funcionário da própria Televisa. E que, embora não tenha como confirmar a autenticidade do papéis, realizou extensas verificações cruzadas entre os nomes, as ações de mídia e situações mencionadas se alinham com o conteúdo obtido.




Leia mais no Opera Mundi.

Um comentário:

zealfredo disse...

Ainda bem que isso só acontece no México.
Nossa grande mídia também não disse nada sobre isso porque é algo que diz respeito ao México.