segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Carta de apoio a Genoino chega a 2 mil adesões na internet


“A carta não joga pedras em ninguém, é apenas uma demonstração de afeto e respeito para quem de fato o merece”, diz a escritora Denise Paraná, uma das organizadoras da iniciativa
por Redação RBA publicado 08/09/2013 11:41, última modificação 08/09/2013 21:04
Genoino
Genoino, a mulher, Rioco, a filha Miruna e o bordado feito a várias mãos com verso de Mario Quintana
São Paulo – A carta de apoio ao deputado federal José Genoino se aproximava na manhã deste domingo (8) de 2 mil adesões, dois dias depois de ser colocada no ar. As assinaturas à mensagem lançada na sexta-feira por um grupo de pessoas próximas a Genoino são feitas pela internet. O texto intitulado “Nós estamos aqui” é, segundo os organizadores, uma “manifestação suprapartidária de afeto” ao deputado. A iniciativa já conta com o endosso de intelectuais, políticos, juristas, jornalistas, artistas, educadores ligados a vários setores da sociedade. E teve como inspiração um sentimento de indignação diante das decisões dos integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF).
Há dez dias, ministros da corte, apesar de expressar respeito pela história e o caráter de José Genoino, rejeitaram embargos de declaração apresentados pela defesa, mantendo a postura considerada equivocada, para alguns, viciada, para outros, por parte do STF. A condenação a 6 anos e 11 meses, decidida no ano passado, é considerada por especialistas fruto de um julgamento partidarizado e violador de normas do direito – como existência de provas e cerceamento da defesa –, sob pressão dos setores da imprensa tradicionalmente hostis aos governos de Lula e Dilma. 


Vejam mais em REDE BRASIL ATUAL

2 comentários:

Sergio Marron disse...

Genuíno que já é aposentado pela câmara, abriu mão de sua aposentadoria que era regida pela lei antiga e agora pede por invalidez na nova lei, ou seja, se conseguir aposentar, mesmo condenado, vai continuar recebendo 26 paus por mês do suado dinheiro do contribuinte otário.
E pensar que essa cangalha de vagabundos chegou ao poder vendendo a imagem de probos, éticos e a nova cara da política transparente no Brasil. O Maluf é aprendiz perto dessa turma...
Após este gesto de trampolinagem matreira, o comunistóide de araque, e guerrilheiro de merda, sai de cú lambido e com uma baita aposentadoria.
E você otário trabalhador que vais ter que trabalhar 35 anos para quando aposentar receber uma merda por mês, continue votando nessa cangalha de bandoleiros e espertalhões, eles agradecem.
O Brasil só vai mudar de verdade no dia em que este povo manipulado e acomodado acordar de verdade. Mas, como? Já está na casa dos 150 mil os brasileiros conscientes com o dever cívico de trabalhar de graça durante a Copa do mundo do ano que vem.
O filho da puta é capaz de colocar o patrão na justiça por horas extras, mas se sujeita a trabalhar de graça para a FIFA.
Tem muito otário neste país.

zealfredo disse...

O Sr. Sergio Marron é um pote até aqui de mágoas.
Depois do processo da ação penal 470, enganosamente chamada de "mensalão", José Genoíno teve graves problemas cardíacos, tendo ficado duas semanas internado.
Ao pedir aposentadoria ele não faz nada além do que tem direito.