quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Com Marina Silva, Pedro Simon pode ser o futuro ministro da Justiça

Com Marina Silva, Pedro Simon pode ser o futuro ministro da Justiça

Senador é ícone da moralidade pública do político brasileiro


Próceres de Marina Silva afirmam que sua grande preocupação é fazer um choque de moralidade no país.
Nos seus 20 anos de Brasília, Marina vê em Pedro Simon o ícone da moralidade pública do político brasileiro.  
Ninguém vai se surpreender se Simon se transformar num futuro ministro da Justiça, se Marina for eleita. 
Pedro Simon que foi o grande lutador para instalar no Congresso a CPI dos corruptores.
Feito isso, a corrupção acaba no Brasil.

Reprodução de editorial do Jornal do Brasil

3 comentários:

zealfredo disse...

Adorei esta frase final: "Feito isso, a corrupção acaba no Brasil."

Anônimo disse...

Depois vociferar impropérios contra a oposição que denomina “eles’, Luiz Inácio apedeuta da Silva, vulgo Lula, desabou do palco do comício petista em Salvador. A queda súbita de Lula ocorreu imediatamente depois dele prometer voltar em 2018, quando estará com 72 anos de idade!
Lula caiu porque tropeçou em alguma coisa. Entretanto, os baianos não deixaram por menos e castigaram: “Lula exagerou na dose”.
Seja como for, o fato é que Lula desabou e teve de ser socorrido pelos gorilas vermelhos que fazem a sua segurança.
Há 1 ano e 9 meses sem conceder entrevista a jornalistas brasileiros, quando se fechou em copas em decorrência do escândalo Rosemary Noronha, a sua amante e ex-chefe da representação do Palácio do Planalto em São Paulo, Lula não deu declarações à imprensa.
Também não se sabe se Lula sofreu alguma lesão.

Eita cachaceiro imundo!

zealfredo disse...

Caro Anônimo,
Gostaria de entender o que vai nesse seu coraçãozinho tão cheio de rancor. Olhe só, é um texto sobre Marina e Simon, e você vem comentar sobre Lula!
Não me lembro de ele ter caído de bêbado durante a presidência dele, mas há diversos outros políticos que tinham fama de, digamos, bons bebedores, e nem por isso há tanta raiva contra eles: Jânio Quadros, Hélio Garcia, ex-governador de Minas. Marcelo Alencar, do Rio de Janeiro. E há mesmo um atual candidato com fama de usar drogas ilícitas e boêmio. Você alguma vez chamou qualquer um deles, ou outro qualquer de "cachaceiro imundo"?
E sobre jornalistas e Rosemary, ele tem direito à privacidade dele, como todos os homens e mulheres do país.
Acho que era isso.
Seria melhor se seus argumentos fossem de caráter político, em vez de ofensas pessoais.