quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Gilmar Mendes pode livrar Daniel Dantas novamente

 Hoje passou praticamente despercebido dos analistas políticos o início do julgamento de Daniel Dantas na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal.
O julgamento de hoje se refere à legalidade ou não da apreensão dos famosos discos rígidos e de computadores encontrados na sede do Banco Opportunity, no Rio de Janeiro, em outubro de 2004.
Essa diligência ocorreu no âmbito da Operação Chacal e deu início a também famosa Operação Satiagraha, sob os cuidados do Delegado Protógenes, em 2008.
Gilmar Mendes concedeu dois Habeas Corpus em velocidade supersônica, em 2008, para livrar a cara do banqueiro condenado. E hoje, mais uma vez, livrou a cara de Daniel Dantas ao votar pela ilegalidade das diligências feitas em 2004.
O julgamento foi interrompido a partir de um pedido de vistas da Ministra Carmen Lúcia.

Confira no Jornal GGN

2 comentários:

zealfredo disse...

Outro trecho:

"Será que mais uma vez veremos o STF livrar a cara de Daniel Dantas e, por extensão, de graúdos próceres do PSDB e de outros vários operadores da Privataria Tucana?

A depender da "grande mídia", que eu chamo de imprensa pestilenta ou máfio-midiática, sim. Ou alguém viu alguma repercussão do julgamento parcial de hoje?

É que não tinha ninguém do Partido dos Trabalhadores envolvido..."

ZP disse...

Que dúvida?! Para o Dantas, o stf está 'dominado"! Ainda mais em turma que tem o o outro dantas, o gilmar na composição...