domingo, 9 de agosto de 2015

Por que seis haitianos baleados no centro de SP não são notícia


Ainda precisa ser apurado o caso dos seis haitianos que foram baleados no sábado passado, dia 1º, no centro de São Paulo.
De acordo com um padre responsável pela paróquia que acolhe os imigrantes, os ocupantes de um carro gritaram “vocês roubam os nossos empregos” antes de disparar.
Convenhamos que é um grito meio absurdo desde um automóvel em movimento. Pode ter sido tudo — vingança, drogas, inclusive xenofobia.
De qualquer maneira, a probabilidade de você saber o que aconteceu realmente é mínima, e por uma única razão: ninguém se importa com os haitianos. Ninguém está nem aí.
O ataque aconteceu há sete dias. Saiu somente hoje nos jornais, de maneira burocrática. Os homens passaram por ao menos dois hospitais antes de conseguir tratamento.


Um comentário:

zealfredo disse...

Tentativa de assassinato contra haitianos em São Paulo.