segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Europa faz guerra e ganha Nobel da Paz







Por José Reinaldo Carvalho
A União Europeia (UE) ganhou na última sexta-feira (12) o Prêmio Nobel da Paz de 2012. O júri destacou em sua justificativa as “conquistas” para "o avanço da paz e a reconciliação" na Europa, assim como para o estabelecimento "da democracia e dos direitos humanos" no continente.
A UE e as instituições que a precederam em sua formação "contribuíram durante mais de seis décadas para a paz e a reconciliação, a democracia e os direitos humanos", disse o presidente do Comitê Nobel, Thorbjoern Jagland.  


Vejam mais em PATRIA LATINA

Um comentário:

zealfredo disse...

Huummmm... assim como o Nobel da Paz para Obama, há algum tempo foi um prêmio pelos eleitores dos Estados Unidos não terem elegido mais um mandato republicano, este prêmio é um desejo que a Europa volte ás suas aspirações iniciais, uma instituição para evitar novas guerras como as que ensanguentaram o subcontinente na primeira metade do século XX.
Infelizmente após a queda da União Soviética, a União Europeia foi sequestrada pelos mercados, e estamos vendo o que estamos vendo...