sábado, 26 de janeiro de 2013

Kátia Abreu teme ser excomungada?


Na quarta-feira (23), o bispo emérito de Goiás Velho, Dom Tomás Balduino, publicou na coluna de debates da Folha um artigo incisivo contra Kátia Abreu, presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e senadora do PSD de Tocantins. Hoje, a ruralista que tem uma coluna semanal no mesmo jornal retrucou no texto “Não darás falso testemunho”. Ela jura que “como católica praticante, jamais imaginei um dia polemizar com um representante da mais alta hierarquia da fé que professo”. Mas parte para o ataque!

A representante maior do latifúndio no país acusa Dom Tomás Balduino de ter escrito um “texto rancoroso e eivado de fúria acusatória e caluniosa”. Diz ainda que “a fé que professo não parece ser a mesma que a dele. As palavras que me dirigiu não foram de um cristão. Minha fé não é a do ódio revolucionário, que incita o conflito e trata como pecadores os que dele divergem ideologicamente”. Kátia Abreu também faz citações bíblicas e se referência no seu ídolo, o papa Bento 16. Ela até parece temer ser excomungada!

Mas o que incomodou tanto a presidenta da CNA? Reproduzo abaixo o artigo de Dom Tomás Balduino, um dos mais renomados nomes da Igreja Católica e expoente da Teologia da Libertação.  


Um comentário:

zealfredo disse...

O texto de Dom Tomás Balduíno denuncia uma autêntica contra-reforma agrária.