domingo, 23 de agosto de 2015

O que significa o silêncio de Aécio e FHC sobre Cunha

Tão tagarelas ao dar lições de moral nos últimos meses, FHC e Aécio estão mantendo um silêncio de vaca amarela sobre o caso Eduardo Cunha.
Tem um preço este mutismo de ocasião.
Cada palavra silenciada desmoraliza as pronunciadas contra o governo Dilma.
FHC e Aécio simbolizam o Brasil farisaico, em que a corrupção é encarada conforme a ocasião.

Confira o texto de Paulo Nogueira, no Diário do Centro do Mundo

Um comentário:

zealfredo disse...

Brasil, il, il, il, il...