domingo, 20 de setembro de 2015

Ciro: “estarei na primeira fila para defender o mandato de Dilma”


cirofolha

Por Fernando Brito- Blog Tijolaço - Ontem, reproduzi aqui um vídeo onde Ciro Gomes falava da questão nacional e de sua visão de integração com soberania. E reclamei de que, apesar de ser uma dos mais relevantes quadros da política, a grande imprensa não lhe dê espaços, porque suas falas são sempre tão afirmativas e desabridas que não podem deixar de ser notícia.

Hoje, a Folha dá este espaço para que ele fale, e de política.

O que ele diz sobre a crise e a ameaça de impedimento é pleno de razão, embora seja necessário – e ele tem, ao que parece, alergia a isso – o exercício da política real, que não pode ser esquecido e o próprio Ciro sabe.

Como, fora do Governo e sem ter sequer como participar mais intensamente de articulações, mesmo sendo potencial candidato em 2018, Ciro não tem esta obrigação, chama a atenção o fato de ele não fazer concessões oportunistas ao movimento de impeachment de Dilma e, cobrando da Presidente coerência com o projeto que representa e a levou à vitória, se ponha sem rodeios em defesa da legalidade.

Leia a sua entrevista ao bom repórter Bernardo Mello Franco, na edição de hoje da Folha

Um comentário:

zealfredo disse...

Ciro Gomes.