sábado, 31 de outubro de 2015

Alunos de medicina dos EUA passarão período em Cuba como parte do currículo

Estudantes de medicina da Universidade Estadual de Michigan (MSU), no norte dos Estados Unidos, poderão fazer parte de seu programa acadêmico em hospitais de Cuba a partir de abril de 2016, afirmou nesta quarta-feira o centro de ensino superior.

"Após a restauração das relações diplomáticas (...) a Universidade de Michigan é a primeira a solidificar um acordo com as autoridades cubanas para desenvolver um novo curso para os nossos alunos, que conta para seu currículo acadêmico", anunciou em seu site oficial.

A intenção do programa é que os estudantes americanos "estejam expostos a um sistema de saúde que tem sido líder na identificação dos fatores sociais sobre as doenças e na prevenção quando se trata de saúde pública", afirmou a Universidade de Michigan (MSU).


Continue lendo no UOL Educação

Um comentário:

zealfredo disse...

Agora quando algum raivoso disser para alguém "Vai para Cuba", é possível dizer que "é possível, vou seguir o exemplo dos alunos da Michigan State University"... :)