quarta-feira, 23 de março de 2016

A lista de apoio ao Moro: éramos 500 e já somos 280

Usando os critérios da justiça moderna brasileira, um Juiz fraudou a lista de adesões.
Conforme os desdobramentos da famosa lista de adesão de 500 juízes a Moro que no fim é menos do que 280 (vide Estadão infla lista de apoio a Moro com repetições de nomes) vamos recompor ainda mais um pouco a verdade inocentando quem deve ser inocentado e criminalizando, de acordo com as teorias do direito, são os criminalizáveis.

Continue lendo o texto de Rogério Maestri, no Jornal GGN

Um comentário:

zealfredo disse...

A lista de apoio ao Moro: éramos 500 e já somos 280