quarta-feira, 23 de março de 2016

Justiça paulista paralisa ações contra corrupção no governo Alckmin; doleiro Youssef é uma das peças investigadas

A Justiça de São Paulo determinou a suspensão de todos os processos judiciais em andamento contra a máfia do ICMS no governo Geraldo Alckmin. O desembargador José Orestes de Souza Nery atendeu ao pedido da defesa de um dos investigados de que haveria dúvida de competência quanto a qual vara criminal deveria ser responsável pelo andamento dos autos.
Com isso, as ações ficam paradas por tempo indeterminado. Outra decisão do judiciário paulista que também atrapalhou as investigações foi determinar a soltura de todos os 10 acusados de envolvimento no esquema.
A prisão preventiva foi concedida em primeira instância, mas derrubada após um mês no TJ paulista. A decisão permitiu que as defesas dos investigados paralisassem o estudo de delações premiadas.

Continue lendo no Vi o Mundo

Um comentário:

zealfredo disse...

Justiça paulista paralisa ações contra corrupção no governo Alckmin; doleiro Youssef é uma das peças investigadas