quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Israel: Menina vítima de judeus ultra-ortodoxos

A israelita Naama Margolese, de apenas 8 anos, é submetida, diariamente, a insultos e perseguições por parte de elementos da comunidade judaica ultra-ortodoxa.


A menor revelou ter medo de ir para a escola porque é alvo constante de agressões e chegou a ser já apedrejada. Os actos são justificados, de acordo com a imprensa israelita, pelo vestuário utilizado por Margolese, demasiado ousado para os cânones.

O caso de Naama chama, uma vez mais, a atenção ao abuso e à segregação das mulheres na comunidade judaica.





Um comentário: