sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Garota passa por menino no filme "Tomboy"

Aos 30 anos e com dois filmes no currículo – "La Naissance des Pièvres" (Lírios d'Água) e "Tomboy", que estreia nesta sexta –, Céline Sciamma tornou-se uma das mais interessantes autoras do cinema francês contemporâneo. Ambos os filmes tratam da questão da identidade sexual – o relacionamento de duas garotas lésbicas e uma menina que adota uma persona masculina. 

Numa entrevista por telefone, de Paris, Celine disse que rotulá-la como cineasta gay é reducionismo.  "Não sou Laure nem Michael, mas é evidente que muita coisa no filme faz parte das minhas lembranças de infância. A relação com a irmã, essa sim é inteiramente baseada no relacionamento que tive com minha irmã. Cheguei a reproduzir diálogos, claro que com o filtro da memória." 




Leia mais no Correio do Povo

Um comentário:

zealfredo disse...

Cinema neste final de semana?