quarta-feira, 17 de junho de 2015

Tribunal egípcio confirma pena de morte contra Mursi

Um tribunal egípcio confirmou nesta terça-feira a pena de morte contra o ex-presidente islamita deposto Mohamed Mursi por fugir da prisão e por ataques contra a polícia durante a revolta de 2011.

O juiz já havia condenado à pena capital no mês passado Mursi e uma centena de acusados. A confirmação da sentença nesta terça-feira chega depois que o tribunal consultou o grão-mufti, a maior autoridade religiosa do país na interpretação da lei islâmica, a quem o governo concede um papel consultivo.

Reprodução do Correio do Povo

Um comentário:

zealfredo disse...

Tribunal egípcio confirma condenação à morte de Mursi.