segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Desembargador que proibiu Marcha da Maconha 2011 em SP é novamente condenado por espancamento

Entre os dois casos há mais em comum do que a violência e a truculência dos membros do Judiciário paulista. O juiz de 1993 se tornou desembargador em 2011. Seu nome é Teodomiro Mendez, o mesmo que proibiu a Marcha da Maconha. Condenado a quatro anos de prisão algum tempo depois, não cumpriu pena – por prescrição – como é comum entre os ocupantes do poder. Agora, a imprensa volta a divulgar nova condenação do magistrado, desta vez por danos morais e materiais aos agredidos.

Ainda cabe recurso. O que não cabe são pessoas como estas encarnando uma instituição cada vez mais absurdamente chamada de Justiça.


Confira o texto completo no blog DAR - Desentorpecendo a Razão.

Um comentário:

zealfredo disse...

Impressionante.